Blog do Tinho

Internet Livre: Frente Parlamentar coordenada por JHC ingressa com pedido no TSE para manter WHATSAPP

Assessoria/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Deputado JHC

Diante da notícia de que o PSOL havia pedido ao Tribunal Superior Eleitoral para que a justiça restringisse o uso do whatsapp, com a justificativa de que o aplicativo é utilizado para a disseminação das chamadas fake news, a Frente Parlamentar Mista Pela Internet Livre e Sem Limites, coordenada pelo Deputado Federal JHC(PSB/AL), ingressou com pedido no TSE para manter o whatsapp.

No pedido, JHC alega que o aplicativo é utilizado por mais de 120 milhões de brasileiros, além de ser uma importante ferramenta de disseminação de informações e circulação de ideias. Citando a Declaração de Princípios Sobre Liberdade de Expressão da Comissão Interamericana de Direitos Humanos, JHC vê com estranheza a tentativa de limitação à informação justamente na reta final da eleição.

No pedido, assinado pelo parlamentar, ele defende que “para que haja plenitude democrática, deve-se privilegiar tanto quanto possível a livre circulação de ideias e informações. De modo contrário, constata-se que para que regimes totalitários possam existir, é fundamental a supressão desses valores. Em resumo: onde há democracia, há livre fluxo de ideias e informações; onde há tirania, prevalece à limitação à liberdade de expressão”, disse.

Além da possibilidade de precedentes para censura, JHC não enxerga elementos objetivos ou provas que autorizem o bloqueio do whatsapp.

“A medida absolutamente extrema e desproporcional almejada exige – diante de seu caráter drástico – uma robustez infinitamente maior de elementos probantes objetivos, o que não se verifica no caso em tela sob qualquer ótica possível”, afirmou JHC.

Pauta da Deputada Jó Pereira, Projeto para financiamento do Plano de Combate à Pobreza em AL é entregue ao Fecoep

Foto: Ascom ALE Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Deputada Jó Pereira

O projeto para financiamento do Plano Estadual de Combate à Pobreza em Alagoas foi entregue ao Conselho do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep) nesta quinta-feira (18). A Secretaria de Estado de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) já havia apresentado a proposta ao grupo de trabalho criado pra elaboração do plano.

No encontro, ocorrido na semana passada, no auditório da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), os técnicos da Seades apresentaram o projeto para a deputada estadual Jó Pereira e para os demais integrantes do grupo de trabalho.

A parlamentar explicou que o plano abrange as áreas da saúde, segurança alimentar, agricultura, inclusão produtiva, educação, infraestrutura, defesa civil, prevenção à violência e assistência social, visando à superação da pobreza e a redução das desigualdades sociais; acesso de pessoas, famílias e comunidades a oportunidades de desenvolvimento integral; e geração de emprego e renda.

Segundo Rodrigo Araújo, superintendente de Avaliação e Gestão da Informação da Seades, o projeto aborda o diagnóstico dos territórios por região administrativa, contemplando a população em situação de pobreza e das famílias pertencentes a Grupos Populacionais Tradicionais e Específicos (GPTE), organizadas por segmentos, incluindo visitas nessas comunidades, como os quilombolas, indígenas, ribeirinhas, agricultura familiar, população em situação de rua, assentados entre outros, além da participação de conselheiros. 

Também está prevista a identificação das ações, projetos, planos e políticas públicas de combate à pobreza ou correlatas em andamento ou execução em todo o Estado e os equipamentos públicos e privados que trabalham com o combate à pobreza, além da definição de indicadores de resultados e um observatório do plano.

“Hoje foi dado um grande passo para que o Fecoep analise a possibilidade de custear a elaboração do plano. E, graças à iniciativa da própria Seades, avançamos também com uma importante linha de contato com o Banco Mundial, que já se posicionou favorável ao financiamento. Marcaremos uma reunião em Brasília para que possamos alinhar e direcionar o financiamento da construção do plano por essas duas vertentes, Fecoep e Banco Mundial", explicou Jó Pereira.

Para ela, a exemplo do Banco Mundial, outros organismos internacionais e nacionais também podem ser provocados a participarem o projeto, colaborando para a expansão na abrangência de número de comunidades. “O trabalho precisa ter a capacidade de articular esses organismo e as comunidades, com a finalidade de fortalecer segmentos como crianças, jovens, mulheres e idosos, conquistando assim o fortalecimento da ação de combate à pobreza como um todo” finalizou a deputada.

Em reunião com a Ministra Grace Mendonça, da AGU, JHC reafirma luta pelos Precatórios do FUNDEF

Blog do Tinho Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Ministra Grace Mendonça e JHC

Mesmo com votação recorde, que lhe conferiu o “título” de deputado federal mais votado do Brasil proporcionalmente, JHC não diminuiu o ritmo. 

Nesta quinta-feira (18), o deputado esteve na sede da AGU, onde foi recebido pela Ministra Advogada-Geral da União, Grace Mendonça, em audiência para tratar do posicionamento da União sobre o tema. 

Segundo JHC, o encontro foi mais uma etapa na luta pela valorização do magistério: “queremos restabelece a Constituição e o espírito do FUNDEF, que é o de garantir dignidade aos professores.”

No encontro, a Ministra garantiu ao deputado que a AGU faria “o que estivesse ao seu alcance” para dar um bom desfecho à situação, mostrando-se sensível à pauta e à necessidade de valorização da educação. 

“A Ministra se mostrou bastante entusiasmada com nossa luta e de lá traçamos ações que devem ser executadas para que ainda nesta legislatura se tenha uma definição sobre o assunto. Essa é a nossa meta”, garantiu o parlamentar.

O encontro com a AGU e outros temas serão debatidos em evento no dia 30 (terça-feira), que será realizado no Centro de Convenções em Maceió e contará com a presença de professores de todo o Nordeste.

Para JHC, o momento de acentuar a luta é agora: “nos últimos meses criamos musculatura no movimento e agora é o momento para selarmos uma grande união, um verdadeiro pacto, pela valorização dos professores!”

Família Pereira: Eleição exibe potencial de liderança e mobilização de Izabelle Alcântara Pereira

Blog do Tinho Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Izabelle Pereira ao lado do Prefeito Joãozinho e Peu Pereira

Não é desconhecido, nem estranho, para aqueles que convivem diariamente com a primeira dama e Secretária de Saúde do Município de Teotônio Vilela, Izabelle Alcântara Pereira, a sua capacidade para gerir, planejar e executar a coisa pública.

Exemplo concreto é que Izabelle Pereira, com toda soma de apoio e investimentos do Prefeito Joãozinho Pereira, tem conseguido transformar a Saúde do município Vilelense, em uma das melhores de Alagoas, inclusive já ganhou prêmio nacional como referência na Saúde da gestante e do bebê.

Mas, nesse último pleito eleitoral, com aval e parceria do esposo, a primeira dama e secretária foi além; Izabelle mobilizou a comunidade vilelense, vereadores, lideranças e autoridades e conseguiu, junto aos demais líderes do grupo, uma das maiores votações da história aos candidatos da família Pereira no município de Teotônio Vilela.

A mobilização rendeu elogios da comunidade vilelense: “Parabéns guerreira Izabelle Monteiro Alcântara Pereira pela mobilização e com certeza os nossos munícipes vão dar um banho de reconhecimento do trabalho de Joãozinho e equipe com uma votação excelente”, citou Esmeralda Brito,

“Emoção muito grande é vê a sua força de vontade, Izabelle, em busca de mais melhorias para nossa cidade. Jesus te abençoe e rumo à vitória com fé em Deus”, afirmou a comunitária Rose Santos.

A família Pereira superou a marca de 10 mil votos para a Deputada Estadual Jó Pereira e em dobradinha com Arthur Lira, que é um dos maiores parceiros do município, deu quase 8 mil votos, que só não passou a casa dos 10 mil, devido a abertura de bases para Pedro Vilela, que teve mais de 2 mil votos na cidade.

Além disso, sem tirar o pé do acelerador, Pereira ainda fez dos senadores Biu de Lira e Renan Calheiros os mais votados no município, ultrapassando a casa dos 10 mil votos, coisa que poucas lideranças conseguiram em Alagoas.

E fechando com chave de ouro, o Governador Renan Filho cravou em Teotônio Vilela 14 mil votos, o que reafirma a liderança, mobilização e confiança da população junto à família Pereira.

Os bons resultados nas urnas da família é fruto da aprovação populacional, que com planejamento, organização e muito dinamismo fazem escola quando o assunto é liderança e Gestão Pública Municipal.

“Tô Chegando”: George Clemente e Pedoca Jatobá levam pisa de Votos da candidata de Joãozinho, Jó Pereira

Blog do Tinho Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Joãozinho Pereira e Jó Pereira

Pedoca Jatobá e George Clemente, bem que tentaram, mas não conseguiram colocar frente significativa de votos contra a candidata do líder Joãozinho Pereira, a Deputada Estadual reeleita e mais bem votada de Alagoas, Jó Pereira.

Jó Pereira, em São Miguel dos Campos, ficou afrente da candidata do ex-prefeito George Clemente, Fátima Canuto, e teve 2.942 votos, 107 votos, apenas, de diferença, para Marcelo Vitor, candidato do Prefeito Pedoca.    

A pisa de voto e liderança, de Joãozinho Pereira, expressa na votação de Jó Pereira, em São Miguel dos Campos, acende um alerta e é uma resposta da população de que, George e Pedoca, já não representam os anseios da maior parte dos miguelenses, do ponto de vista da liderança e da governabilidade municipal.

E não cabe, nesse campo, discurso de coitadinho, pois são três candidaturas disputando em pé de igualdade “estrutural”, porém a de Jó Pereira mostrou-se muito superior do ponto de vista da interação, participação, carisma e apelo popular.

Se antes; já se dizia que a família Pereira estava chegando em São Miguel dos Campos, agora, com tamanha votação, é a população que está pedindo: “Venha”!

Com 178 mil votos, JHC se elegeria sozinho, sem a necessidade de coligação

Júnior Tigre Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true JHC mais votado do Brasil

O Deputado Federal, João Henrique Caldas (PSB), vem numa crescente de votos, nas eleições de 2014 JHC foi o mais votado de Alagoas com 136 mil votos, agora, o Deputado não só foi o mais votado de Alagoas, como também, proporcionalmente, o deputado Federal mais bem votado do Brasil, com 178 mil votos.

Pela primeira vez na história de Alagoas, com essa votação, JHC, se tivesse saído sozinho, seria reeleito do mesmo modo, sem a necessidade da coligação, já que ultrapassou o coeficiente em milhares de votos, o que ajudou inclusive a eleger como deputada federal a vereadora Tereza Nelma.

JHC foi destaque em todos os jornais de veiculação nacional, devido a sua ampla votação no Estado de Alagoas.

 

Jó Pereira será a representante oficial de São Miguel dos Campos na Assembleia Legislativa de Alagoas

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Jó Pereira em São Miguel dos Campos

A Deputada Estadual e candidata a reeleição Jó Pereira (PMDB) aceitou o desafio proposto pela população e assumiu o compromisso de ser a representante legítima dos miguelenses na Assembleia Legislativa de Alagoas

O compromisso foi assumido pela Deputada em diversas reuniões, com os amigos, no município de São Miguel dos Campos, que desde Nivaldo Jatobá não tem um representante legítimo na Assembleia Legislativa.

No seu primeiro mandato como deputada, Jó Pereira sempre esteve perto, colaborando e ajudando os miguelenses, principalmente nas áreas de Saúde, Assistência, Agricultura e Educação.

Atuação

A parlamentar é uma das responsáveis pelo grupo que trabalha na construção do Plano Estadual de Combate à Pobreza em Alagoas e na elaboração de um projeto de lei modificando a composição do conselho do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep), de forma a dar mais voz à representação popular.

Jó Pereira também é autora do projeto de lei que visa regulamentar a produção de queijos e manteigas artesanais no Estado, desburocratizando o trabalho de pequenos agricultores, garantindo o funcionamento dos micro empreendimentos e contribuindo para movimentar a economia de diversas regiões, principalmente no interior.  Ela estuda ainda estender a proposta a outras cadeias de produção artesanal, a exemplo das casas de farinha.

Preferência do Eleitorado

Em relação às notícias que a colocam entre os possíveis líderes de votos na corrida à reeleição para Casa de Tavares Bastos e apontam seu fortalecimento interno na Assembleia Legislativa no caso de um segundo mandato, Jó Pereira credita os comentários ao reflexo não da campanha, mas de quase quatro de anos de atuação no parlamento.

Considerada uma das mais atuantes da ALE, Jó Pereira é reconhecida, até mesmo por opositores, pela assiduidade e participação em quase todas as discussões relevantes encampadas na Casa, pela apresentação de inúmeros projetos de lei e proposição de audiências e debates sobre temas relacionados a áreas essenciais, como educação, saúde e assistência social, e pela interlocução com diversos movimentos sociais.

Justiça determina a devolução de material de campanha de JHC e Rodrigo Cunha

Júnior Tigre Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true JHC e Cunha

A Justiça de Alagoas, numa decisão liminar proferida pelo Desembargador Eleitoral Gustavo Gomes, determinou que a Prefeitura de Maceió e a SMCCU, “devolva o material de propaganda do candidato JHC relativo a este processo, permitindo que o mesmo utilize as mesmas, dentro dos limites fixados”.

O material de JHC e Rodrigo Cunha foi recolhido de algumas áreas públicas, no último dia 05 de outubro, pela prefeitura de Maceió, por meio da SMCCU, que tem como secretário, o senhor Ivon Berto, subordinado direto ao prefeito Rui Palmeira.

O recolhimento do material foi realizado, ao que tudo denota, sem nenhum procedimento administrativo prévio ou embasamento legal, o que levou a reação imediata de JHC e Cunha na busca pelo direito já estabelecido quanto da propaganda eleitoral.

O processo ainda pede que a Prefeitura, através da Secretaria, “se abstenha de realizar novas apreensões”.

Imunizados: Aumentam ataques contra a candidatura de Rodrigo Cunha e JHC

Júnior Tigre Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true JHC e Rodrigo Cunha

Imunizados; é assim que estão os eleitores do candidato ao Senado Rodrigo Cunha (PSDB) e do candidato à reeleição de Deputado Federal, JHC (PSB).

A dobradinha JHC e Rodrigo rendeu bem mais do que os caciques esperavam; Rodrigo segue, até o momento, com ampla vantagem por uma das vagas ao Senado e JHC despontando, mais uma vez, entre os mais citados nos bastidores políticos para ser o mais votado dessa eleição.

Para tentar conter esse crescimento, o submundo da política alagoana, ataca, de todo o modo, os dos jovens candidatos, ora por fake news, robôs com mensagens difamatórias, vídeos e mais recente com especulação e ilação na tentativa de desconstruir a bela parceria feita entre Rodrigo e JHC, a qual tem agradado o alagoano.

Parceria, que por sinal deve render frutos, inclusive para às próximas eleições, motivo que preocupa ainda mais os caciques políticos de Alagoas.

Faltam 4 dias para eleições, até lá o eleitor alagoano ainda vai precisar ver e ouvir muita tentativa de disseminar o vírus do mal e da corrupção para quem não os tem, porém já estão vacinados.

Fake news: TRE/AL desmente boatos sobre “voto parcial”

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) desmente uma notícia falsa que está em circulação nas redes sociais informando sobre a possibilidade de um “voto parcial”, que resultaria na anulação dos demais votos sequentes. Voto parcial não existe e os eleitores devem votar em todos os cargos, ainda que anulem ou votem branco.

O eleitor pode votar em um candidato, em nulo ou em branco para o cargo que quiser, pois não há nenhuma restrição para isso. No caso de uma eventualidade, como o eleitor passar mal e tiver votado apenas no primeiro cargo (deputado federal), o voto que ele tiver registrado será contabilizado normalmente e os demais que ele não registrar serão considerados nulos. Ao teclar o “confirma”, se efetiva o registro de cada escolha feita pelo eleitor, seja para os votos válidos, nulos ou brancos.

Também no raro caso de a urna travar, o voto do eleitor que estava em procedimento é reiniciado. Portanto, todo conteúdo da mensagem que está sendo propagada pelas redes sociais sobre "voto parcial" é FALSO.

 

Com: TRE

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com