Senador diz que inclusão no CAUC é responsabilidade da Prefeitura

Cortesia Moreira Mariz/Senado/BSB 1330612475benedito de lira educaaao Benedito de Lira na tribuna

Em resposta ao material divulgado aqui no blog (Ver matéria relacionada) ontem, 12, onde José Americo Loureiro, conhecido como Lulu, esposo da atual prefeita de Mar Vermelho, Quitéria Berto (PP), revelou - em comício realizado na cidade - que o senador Benedito de Lira (PP) foi uma decepção para o município. 

O parlamentar  - através de sua assessoria - esclarece que a inclusão do município de Mar Vermelho no Cadastro Único de Convênios (CAUC), do Governo Federal, é de responsabilidade da prefeitura.

O esposo da prefeita tinha dito em comício que Mar Vermelho foi prejudicado com a perda de uma creche e a inclusão do nome no CAUC.  Lulu repetiu ainda - colocando a culpa em Biu de Lira -  que o senador não ajudou em nada para mudar a situação do município.

Segundo Benedito de Lira, os municípios podem ser incluídos no CAUC e, consequentemente, impedidos de receberem recursos federais em caso de pendências na prestação de contas de convênios já firmados com a União, inadimplência de contribuições previdenciárias, FGTS e outros débitos de documentos e obrigações federais, conforme prevê a legislação.

Sobre a acusação de “não ajudar” Mar Vermelho com a liberação de recursos previstos no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a construção de uma creche, o senador esclarece ainda que, apesar de assegurada, a verba não foi liberada, devido ao município estar no CAUC. A retirada do município do cadastro somente é possível quando o gestor municipal cumpre todas as obrigações legais e as pendências com o Executivo.

O senador ressalta, novamente, que está à disposição para ajudar prefeitos e prefeitas em pleitos junto ao Governo Federal, mas que como parlamentar não tem poder para resolver pendências que dependem, exclusivamente, da gestão municipal. 

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Com Assessoria

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Esposo de prefeita diz que senador foi uma decepção

TSE 1347472311quitariaberto Prefeita de Mar Vermelho, Quitéria Berto

José Americo Loureiro, conhecido como Lulu, esposo da atual prefeita de Mar Vermelho, Quitéria Berto (PP), disse - em comício realizado na cidade - que o senador Benedito de Lira (PP) foi uma decepção para o município. 

Lulu, em discurso para os presentes, relatou com veemência que Mar Vermelho foi prejudicado com a perda de uma creche e a inclusão do nome no Cadastro Único de Convênio (CAUC). Com isso, o esposo da prefeita repetiu que o senador não ajudou em nada para mudar a situação do município.

“Mar Vermelho perdeu uma creche. Nós, eu e a Quitéria, fomos ao Ministério. A Quitéria se emocionou! Nós fomos com o senador Bendito de Lira, o senador que foi uma decepção para Mar Vermelho também. E a menina lá da ministra falou: minha gente, Quitéria, infelizmente não posso fazer nada. Você está no CAUC. Mar Vermelho está no CAUC”, esbravejou Lulu.

Clique aqui para Ouvir o trecho do discurso!

No entanto, o interessante é que Quitéria Berto é do mesmo partido comandado por Biu de lira - o PP. De acordo com informações colhidas pelo blog, o grupo da prefeita não anda muito satisfeito com as promessas que foram feitas pelo então senador.

Mas, enquanto não recebe ajuda de Benedito de Lira, Berto vai em busca de sua reeleição contra a ex-prefeita Juliana Almeida (PMDB). Na eleição deste ano, mais uma vez, o embate político está polarizado entre prefeita e ex-prefeita.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

George, Nivaldo ou Salustiano: qual o melhor nome para prefeito?

Arquivo 1265111584sao miguel Prefeitura de São Miguel dos Campos

Quem acessar o DivulgaCand, no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pode observar o nome de três candidatos majoritários colocados à disposição da população para administrar à Prefeitura de São Miguel dos Campos. Com 32.564 mil eleitores cadastrados para o pleito eleitoral deste ano, de acordo com estatísticas do TSE, a cidade tende a evoluir no quesito gestão pública de qualidade, já que velhos nomes da política local estão ficando para trás na disputa.

De acordo com o DivulgaCand (Ver Abaixo), apenas Salustiano (PRTB) possui o grau de instrução de nível superior completo. Nivaldo Jatobá (PMDB) – ensino fundamental incompleto - e George Clemente (PSB) – ensino médio completo - apresentam baixo nível de escolaridade. Em pleno século XXI, essa é uma realidade em todo o País e, principalmente, em São Miguel dos Campos, município que concentra hoje mais de 62% de sua população pobre, segundo o IBGE/2010.

“Hoje em dia, é inaceitável um município não ter um gestor qualificado para assumir as responsabilidades cotidianas. Por falta de estudo e informação suficiente para decidir o que é melhor para a sua cidade, a população termina votando em candidatos também despreparados, com baixos índices de escolaridade. Isso se tornou comum em todos os municípios alagoanos”, avaliou um eleitor.

Diante das tantas promessas é necessário que o eleitor conheça melhor o perfil dos candidatos apresentados à sociedade para que não tome decisão equivocada no dia 7 de outubro. É muito comum um candidato prometer educação, saúde e segurança pública de qualidade, quando, nem ele mesmo, tem o preparo suficiente para falar de temas tão complexos que exigem muito mais conhecimento do que o seu grau de instrução.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Vice-governador declara apoio à família Beltrão em Feliz Deserto

Cortesia - Renato Ramalho 1347290017nona José Thomaz Nonô (DEM) esteve no comício do candidato à reeleição e atual prefeito, Maykon Beltrão (PMDB)

No sábado, 08, o vice-governador de Alagoas, José Thomaz Nonô (DEM), esteve no comício do candidato à reeleição e atual prefeito, Maykon Beltrão (PMDB), em Feliz Deserto. Em seu discurso, Nonô declarou apoio ao grupo político do prefeito.

Na oportunidade, o vice-governador repetiu por diversas vezes que Beltrão tem que ser reeleito para dar continuidade ao trabalho que vem realizando no município. “Feliz Deserto tem que votar no Maykon de novo. Foi ele que trouxe vários benefícios para todos vocês. Estou aqui para dizer que apoio ele e peço que votem no 15 que é melhor para cidade”, declarou.

Nonô é presidente do DEM em Alagoas e o vice na chapa de Beltrão é filiado ao partido do vice-governador. Maykon Beltrão(PMDB) e Iran Simões (DEM) disputam à Prefeitura contra o ex-prefeito do município, José Ismael de Oliveira (PSDB), conhecido na cidade como Deda.

Por outro lado, uma pesquisa já realizada no município - e que será divulgada nos próximos dias aqui no CadaMinuto - revela à preferência de Beltrão/Simões na disputa pelo Executivo feliz-desertense.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Március Beltrão impetra ação e registra BO contra coligação de Israel Saldanha

TSE 1345744643marciusbeltraopenedo Márcio Beltrão (PDT) lidera nas pesquisas em Penedo

O clima político em Penedo começa a mudar. No último final de semana, os advogados do ex-prefeito do município, Március Beltrão (PDT), que também é candidato a prefeito, impetrou uma ação contra a coligação “Pra Fazer Muito Mais” do atual prefeito Israel Saldanha (DEM).

O marketeiro que trabalha na campanha de Saldanha/Toledo espalhou - nos carros de som, no guia eleitoral e nas inserções de rádio - um áudio falso com a voz do ex-prefeito falando que  saúde, educação e ação social não funcionou. De acordo com os advogados da coligação “A Vontade do Povo”, o áudio é um montagem inverídica que editaram para prejudicar o candidato.

Na Delegacia Regional de Penedo, ainda acompanhado de seus advogados, Március Beltrão também fez o registro de um Boletim de Ocorrência (B.O - ver imagem abaixo) contra a coligação “Pra Fazer Muito Mais” - encabeçada pelo atual prefeito de Penedo. Na denúncia, o ex-prefeito relatou que a iniciativa contraria os princípios éticos e se choca com a legislação eleitoral.

“Há uma montagem no áudio. Após o texto que diz “A saúde de Penedo não funcionou”, nota-se que houve um corte e a edição de uma fala minha em outro momento”, relatou no BO o ex-prefeito.

Logo em seguida, os advogados também impetraram ação contra a coligação “Pra Fazer Muito Mais”, como também, contra o candidato Israel Saldanha por divulgar de forma irresponsável a mensagem truncada em carros de som, no guia eleitoral e nas inserções de rádio.

Pesquisa Ibrape-Cadaminuto

No último dia 23, a pesquisa Ibrape-Cadaminuto realizada na cidade de Penedo e divulgada aqui no site CadaMinuto (Ver matérias relacionadas), preocupou o grupo político comandado pelo atual secretário de Saúde de Alagoas e ex-prefeito de Penedo, Alexandre Toledo (PSB). Na dianteira, com 45% das intenções de votos, lidera o ex-prefeito Március Beltrão (PDT).

Coincidentemente ou não, após o resultado da pesquisa, o áudio falso se espalhou em carros de som, no guia eleitoral e nas inserções de rádio da coligação de Saldanha/Toledo. Como havia dito anteriormente aqui no blog, o grupo do atual prefeito – segundo fontes internas – começa a traçar planos para alavancar à campanha de Israel Saldanha e Ivana Toledo (PSDB). Como? Com montagem de aúdio falsa?

O fato é que muitos eleitores andam insatisfeitos com a gestão atual e isso faz com que o nome de Saldanha/Toledo não decole nas ruas. No resultado total da pesquisa Ibrape-Cadaminuto, 29% dos entrevistados disseram que não votariam em Israel Saldanha.

E agora?

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Assessoria Jurídica de João Bosco nega compra de votos em Viçosa

TSE 1346595688joaobosco viaosa Candidato a prefeito de Viçosa João Bosco (PRTB)

A Coligação “Todos Unidos por Viçosa” dos partidos PRB, PDT, PT, PTB, PMDB, PR, DEM, PRTB, PHS, PMN, PSB, PRP e PSD - que tem como candidato a prefeito João Bosco (PRTB) e o vice-prefeito Cabo Chico (PDT) –, através de sua assesoria jurídica, negou que houvesse compra de votos em troca de combustíveis em Viçosa.

O blog recebeu – via email - o direito de resposta enviado pelos advogados da coligação. No texto, a assessoria disse que em momento algum foi distribuído vales de combustíveis, nem tampouco qualquer pessoa ligada ao partido foi chamada a prestar esclarecimentos junto à polícia ou justiça.

O texto enviado descreve que o único fato que a coligação teve ciência foi de uma suposta denúncia que teria acarretado no fechamento temporário de um dos postos de combusitíveis daquela cidade, onde o proprietário e seus funcionários teriam sido conduzidos até a delegacia da cidade para prestar esclarecimentos.

Em momento algum - no texto da matéria “Combustíveis são distribuídos em troca de votos em Viçosa” - este jornalista plantou alguma notícia falsa. Repito: as informações foram repassadas por pessoas que presenciaram o fato, inclusive, tiraram fotos da movimentação dos carros - enviando-nos imediatamente.

A matéria - apurada com veracidade e registro de fotos – foi esmiuçada de acordo com o que foi dito por meio de fontes fidedignas e que presenciaram o caso. No entanto, o direito de resposta diz que: “Nenhum vale foi encontrado nem tampouco distribuído, absolutamente ninguém de nossa coligação foi presa em flagrante nem chamada a prestar esclarecimentos, como quis, falsamente, apontar a matéria. Ou seja, não há nada que sequer indique qualquer envolvimento de nossos partidários com este tipo de ilegalidade.”

Outrossim, antes da publicação, foi confirmado pelo chefe de serviço que estava de plantão no dia 02, na Delegacia Regional de Viçosa, através do número 3283-1935, que os condutores dos veículos prestaram esclarecimentos (à noite) ao delegado Belmiro Cavalcante.

Todavia, não há interesse deste jornalista em querer prejudicar nenhum candidato ou levantar bandeira de qualquer que seja. Apenas, como fontes seguras que ajudam os profissionais da área com informações diárias,o blog divulgou o relato de pessoas que estavam no local.

O espaço do blog é democrático! A democracia é um direito de todos os brasileiros.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

DIREITO DE RESPOSTA

A Coligação Todos Unidos por Viçosa, que tem como candidato a prefeito o Sr. João Bosco e vice Cabo Chico, vem por meio deste apresentar nota de repúdio à matéria publicada no blog do Kleverson Levy. A postagem do dia 02/09/2012 apresenta o seguinte título: “Combustíveis são distribuídos em troca de votos em Viçosa”.

O autor da matéria alega que uma equipe do candidato a prefeito de Viçosa, João Bosco, foi flagrada comprando voto por meio da distribuição de combustíveis e que uma pessoa caracterizada com a cor verde distribuía os vales de combustíveis.

Nossa coligação, por meio do candidato a prefeito João Bosco, repudia completamente as falsas alegações apresentadas que visam atrapalhar a boa imagem de sua campanha. Em momento algum foi distribuído vales de combustíveis, nem tampouco qualquer pessoa ligada ao partido foi chamada a prestar esclarecimentos junto à polícia ou justiça.

O único fato que nossa Coligação teve ciência foi de uma suposta denúncia que teria acarretado no fechamento temporário de um dos postos de combusitíveis daquela cidade, onde o proprietário e seus funcionários teriam sido conduzidos até a delegacia da cidade para prestar esclarecimentos. Após serem ouvidos, os mesmos foram liberados e ABSOLUTAMENTE NADA foi comprovado, já que o que ocorria ali era o livre exercício do comercio em seu estabelecimento e nenhuma distribuição ilegal foi caracterizada.

O simples fato de existirem cidadãos abastecendo seus veículos e, dentre estes, alguns estarem adesivados com o nosso material não representa nenhuma ilegalidade. Será que os eleitores não podem mais abastecer seus veículos? Isto se tornou ilegal? Qual a ilegalidade encontrada? Algum vale ou alguém distribuindo vales foi encontrado? NADA DISSO ocorreu.

Apesar de nada disso ter ocorrido, alegaram ainda que ali ocorria compra de votos! É uma tentativa absurda querer imputar tal fato à nossa Coligação. Nenhum vale foi encontrado nem tampouco distribuído, absolutamente ninguém de nossa coligação foi presa em flagrante nem chamada a prestar esclarecimentos, como quis, falsamente, apontar a matéria. Ou seja, não há nada que sequer indique qualquer envolvimento de nossos partidários com este tipo de ilegalidade.

Destarte, tem-se que no fato ocorrido, nenhuma ligação pode nos ser atribuída. Nosso candidato é FICHA LIMPA e não possui nenhum processo na justiça. Queremos eleições limpas e não aceitamos tamanha atrocidade em falsas alegações.

Assessoria Jurídica da Coligação Todos Unidos por Viçosa

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Deputado João Beltrão recebe alta e deixa hospital

Colaboração - Antônio Rodrigues 1346627022jb Deputado Estadual João Beltrão (PRTB)

No início da noite deste domingo (02) o deputado estadual João Beltrão (PRTB) recebeu alta e deixou o Hospital do Coração de Maceió. JB estava internado desde a madrugada após passar mal durante a festa de casamento da filha - Jully Beltrão.

Em contato com o blog, familiares informaram que ele já se encontra em casa de repouso. O deputado sofre de diabetes (aumento anormal do açúcar ou glicose no sangue) e teve um mal súbito durante a festa, caiu da cadeira onde estava acomodado, desmaiou e foi socorrido às pressas para o hospital.

Antes do acontecido, JB subiu no palco para agradecer os convidados pela presença de todos no casamento da filha. Em casa, Beltrão permanece descansando e seguindo recomendações médicas.

Provavelmente, nesta segunda-feira(03) João Beltrão deverá ser submetido a novos exames para diagnosticar o que levou-o ao mal súbito.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Combustíveis são distribuídos em troca de votos em Viçosa

Divulgação 1346595589compra de voto Motoqueiros aguardam para receber os vales de combustíveis

Na tarde de ontem, 01, o juiz da 5ª Zona Eleitoral, Luciano de Andrade Souza, e o promotor de Justiça, Anderson Barbosa, receberam denúncias de compra de voto no município de Viçosa.

O fato aconteceu no posto de combustíveis no centro da cidade. Os magistrados acionaram as Polícias Civil e Militar que foram até o local e flagraram uma equipe do candidato a prefeito de Viçosa, João Bosco (PRTB), comprando voto por meio da distribuição de combustíveis.

Segundo informaram ao blog, uma pessoa caracterizada com a cor verde – faz alusão ao candidato – distribuía os vales de combustíveis - o que é proibido pela Justiça Eleitoral. Os veículos que estavam no local também apresentavam identificação do candidato, a exemplo de bandeiras com o número do partido, formando uma aglomeração de carros e motos.

As motos, como de costume, acompanham o candidato em carreata pela cidade. Com a chegada dos policiais e feito o flagrante, os condutores dos carros e motos foram levados até a delegacia do município, onde prestaram esclarecimentos ao delegado regional de Viçosa, Belmiro Cavalcante.

Agora, o andamento do processo é com a Justiça Eleitoral.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

João Beltrão passa mal no casamento da filha e é internado

Arlindo Tavares 12590664945f9e285624134160b904f66c0a9d987abeltrao500x548 João Beltrão

O deputado estadual João Beltrão (PRTB) está internado no Hospital do Coração, na Gruta de Lourdes, em Maceió. JB, de 57 anos, que tem diabetes (aumento anormal do açúcar ou glicose no sangue), passou mal durante a festa de casamento da filha - Jully Beltrão, que  é ex´-secretária de Educação de Feliz Deserto, na madrugada deste domingo (02).

Após o mal súbito, o deputado caiu da cadeira onde estava acomodado e foi socorrido às pressas para o hospital. Com o tombo, JB também provocou um ferimento na cabeça e foi para Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Familiares informaram ao blog - agora há pouco - que  João Beltrão já está bem (consciente),  mas vai continuar em observação na UTI Hospital do Coração. 

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com


 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Assassinato de vereador de Anadia completa um ano na segunda-feira

Reprodução - internet 1324388898imagem Vereador Luiz Ferreira foi morto numa emboscada

O assassinato do vereador de Anadia, Luiz Ferreira de Souza (PPS), executado com treze tiros, no dia 03 de setembro, no povoado da Tapera, próximo ao município anadiense, completa um ano na próxima segunda-feira (03). Ferreira foi morto após ter participado de um programa de rádio, na cidade de Maribondo, onde anunciou que seria candidato a prefeito de Anadia em 2012.

A ex-prefeita do município, Sânia Tereza (sem partido), foi presa numa operação deflagrada pela Polícia Civil (PC), no dia 12 de setembro de 2011, em Anadia, juntamente com seu esposo, Alessander Ferreira Leal - apontados como autores intelectuais-, e o militar Cláudio Magalhães da Silva – primo da ex-gestora.

Em maio (dia 18) deste ano, a juíza da 17ª Vara Criminal da Capital, Dra. Lourena Souto Maior, concedeu a liberdade ao militar  - Claúdio Magalhães - porque ele não foi reconhecido pela principal testemunha ocular do crime - identificado como Cícero Jorge.

Já Sânia Tereza foi denunciada pelo Ministério Público Estadual (MPE) como mandante do assassinato do médico. Todos os outros envolvidos foram denunciados pelo MPE como autores materiais e intelectuais e estão presos. Sânia Tereza continua detida no presídio Santa Luzia, em Maceió.

Missa

Amanhã, 01, às 9h, na capela Recanto Coração de Jesus, no Barro Duro, será celebrada uma missa de um ano em memória do médico, vereador e professor do curso de medicina da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Luiz Ferreira de Souza. A celebração é uma homenagem que será realizada pelos familiares de Ferreira, pela Associação dos Docentes da Ufal (Adufal) e o Programa Ufal em Defesa da Vida.

“É por justiça que clamamos nesse ano de ausência. Há quem aposte na impunidade e no esquecimento, mas nós apostamos na justiça. Sabemos que ela não nos trará alento ao coração, mas nos dará alento como cidadãos”, disse a viúva Rita Luiza de Pércia Namé, professora do curso de música da Ufal.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Com ASCOM da Adufal
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com