Candidatos a prefeito agridem motorista e danificam carro da filha de prefeito

TSE 1349363782tanquedarcacandidatos Manuel Valente (PP) e o pai e candidato a vice-prefeito na mesma chapa, José Rubem (PSDB),

O clima político na cidade de Tanque d’Arca esquentou nos últimos dias. Na tarde de ontem, 03, o candidato a prefeito do município, Manuel Valente (PP), o pai e candidato a vice-prefeito na mesma chapa, José Rubem (PSDB), agrediram fisicamente o motorista do atual prefeito da cidade, Roney Valença (PMDB).

Bartolomeu Santos, que dirigia o carro da filha do prefeito, uma Ecosport prata, quando Manuel e José Rubem danificaram o carro quebrando o retrovisor do lado do motorista e a porta do passageiro com pontapés. Estas informações foram levadas à Polícia Civil que registrou o Boletim de Ocorrência (BO – Ver Imagem Anexada) de número 0609 / B/12 / 0039 na delegacia Regional de Taquarana.

Os agressores estavam reunidos com um grupo de pessoas na fazenda de Manuel Valente em atitude suspeita de compra de voto. Quando perceberam que estavam sendo flagrados, ficaram exaltados e partiram para a violência, agredindo o motorista com palavras de baixo calão, inclusive, chamando-o de “bandido” e “nego safado”.

No BO, a vítima revelou que os acusados estavam aos gritos e prometeram que depois das eleições matariam-o. A Polícia Militar chegou e evitou que acontecesse algo mais grave. Segundo fontes, o comportamento dos candidatos é por conta da disputa eleitoral onde pai e filho aparecem como últimos colocados nas pesquisas.

No dia 01 de outubro, o prefeito formalizou denúncia de compra de voto e ameaças de morte, junto a Promotoria de Justiça, Ordem dos Advogados do Brasil e Polícia Federal.

Na Semana passada, José Rubem foi ouvido pela Justiça local acusado de ameaçar de morte Gilvan Teixeira – irmão do vereador Antonio Teixeira. De acordo com a denúncia, quando isso aconteceu há quatro meses, José Rubem portava uma pistola em suas nas mãos.

O prefeito Roney Valença solicita da Justiça local uma atenção especial tendo em vista os constantes atritos e ameaças que a oposição vem praticando. “Caso a Justiça não tome as devidas providências em tempo hábil, as consequências serão imprevisíveis, devido ao clima de tensão vivido no município”, enfatizou o prefeito.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Sem o julgamento no TSE, Nivaldo Jatobá poderá ter os votos anulados

Cortesia - Alagoas Web 1349278067nivaldo jatoba Ex-prefeito Nivaldo Jatobá (PMDB)

A disputa eleitoral em São Miguel dos Campos está bastante acirrada e pode deixar para trás o usineiro e empresário, Nivaldo Jatobá (PMDB), que concorre mais uma vez ao cargo de prefeito do município. Na disputa, Salustiano (PRTB) e o candidato à reeleição e atual prefeito, George Clemente (PSB), também estão no páreo pela Prefeitura.

Segundo fontes ligadas ao ex-prefeito, a indefinição está gerando preocupação entre o grupo político de Jatobá que, até o momento, não tem outro nome de peso para substituir sua candidatura.

O deferimento da candidatura do empresário ainda não foi julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Portanto, se o ex-prefeito continuar na disputa sem o registro de candidatura liberado pelo TSE os votos do domingo (7)  poderão ser anulados. Neste caso, se  ele for eleito para o cargo de prefeito, assume o candidato que ficar na segunda colocação da disputa.

Nivaldo Jatobá está sem o registro de candidatura e cabe somente a ele decidir se irá indicar outro nome - ou não - para disputar as eleições. Vale lembrar que o Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL) já negou o seu registro de candidatura em votação unânime (6x0) - que parece ser irreversível nesta reta final.

O TSE ainda não liberou o registro de Jatobá devido ao seu vínculo conjugal com a ex-prefeita e atual candidata a vereadora, Rosiane Santos (PMDB), com que manteve relação estável e tem um filho, o que configura para a Justiça Eleitoral um quinto mandato consecutivo do mesmo grupo familiar no Poder.

Informações no portal do TSE mostram que o processo referente ao ex-prefeito foi expedido no dia 25 do mês anterior e -  até o momento - não obteve resultado. Faltando pouco tempo para o pleito eleitoral, cientistas políticos e populares acreditam que Nivaldo Jatobá não possa ser candidato.

“Gostaria que ele fosse candidato. Mas, se o Sr. Nivaldo não puder, o meu outro já está definido. É também um candidato muito bom”, comentou uma moradora do bairro Hélio Jatobá.

Será?

 

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Desistência de prefeito pela reeleição pode garantir vitória da oposição

1276266260prefceito Ex-Prefeito Márcio José da Fonseca Lyra, o Dudui

Em São José da Laje à disputa pela Prefeitura do município ganhou novos rumores. Com a desistência do atual prefeito e ex-candidato à reeleição, Márcio José da Fonseca Lyra, o Dudui (PP), a repercussão na cidade também é grande.

No pleito, continuam o filho do ex-prefeito do município, Bruno Rodrigo Valença - o Rodrigo de Neno (PMDB), Rose Mary Lopes Bengo - Rosa Bengo (PSB), e o substituto de Dudui, José Wilson Morais de Andrade – o Zé Wilson (PP).

Segundo pessoas ligadas ao prefeito, Dudui desistiu da disputa após ter sido orientado pelos advogados e pessoas mais próximas por conta das denúncias contra o gestor. Uma delas, inclusive, foi pedido pelos vereadores de oposição – em 2011 - aos órgãos fiscalizadores para o afastamento do chefe do executivo municipal. Na Comissão Especial de Inquérito (CEI), por exemplo, foram constatados desvio de recursos federais destinado à educação durante o período de 2009 e 2010 e falta de repasse de recursos ao Fundo Previdenciário do Município.

O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) também havia entrado com uma representação no Ministério Público do Estado (MPE) contra à Prefeitura de São José da Laje por denúncias de Improbidade Administrativa. A eleição, portanto, tem favorecido Rodrigo de Neno nesta reta final.

"Neno da Laje" = Rodrigo de Neno

Em palanque, o ex-prefeito de São José da Laje, Paulo Roberto Pereira de Araújo, o "Neno da Laje" (PRTB) – pai de Rodrigo – tem repetido diversas vezes que às acusações feitas contra ele – a época em que foi prefeito - são falsas.

"Neno da Laje" foi considerado inocente da acusação de participar da "Máfia dos Sanguessugas", como também, foi absolvido pela Justiça Federal em processo por meio do qual era acusado de desvio de recursos federais destinados à Educação.

Mas, em 2010, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL), por unanimidade, julgou inelegível por oito anos o ex-prefeito que teve a prestação de contas desaprovada pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Com isso, o filho de Neno foi colocado na disputa pela Prefeitura da Laje. Portanto, "Neno da Laje" é Rodrigo de Neno. 

Agora, depois da saída de Dudui, os eleitores de São José da Laje ganharam mais fôlego para enfrentar as urnas e decidir quem será o novo prefeito pelos próximos quatro anos.

Será?

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Em Penedo, coligação deturpa discurso de prefeito para prejudicar candidato

Assessoria' 13169718227613d2724654f28e635a76347bd3b54914490d2c Marx Beltrão

Em menos de um mês, os marketeiros que trabalham na campanha de Israel Saldanha (DEM) e Ivana Toledo (PSDB), respectivamente, candidatos a prefeito e a vice-prefeita, usa – mais uma vez – um aúdio falso para ludibriar os eleitores da cidade de Penedo.

Desta vez, o prefeito de Coruripe, Marx Beltrão (PMDB), foi usado como “isca” para que os eleitores sejam enganados pelo atual grupo que comanda o município penedense. Em visita, no último sábado (22), Marx Beltrão discursava sobre a Educação nos três municípios que a família Beltrão administra: Coruripe, Feliz Deserto e Jequiá da Praia.

Nas palavras, Beltrão relatava aos presentes que os municípios do litoral sul estão em ótima colocação no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) em Alagoas.

“Vejam os três municípios: Jequiá, Coruripe e Feliz Deserto. Entre os três: um é primeiro colocado, o outro é o segundo e o outro é o sexto colocado como melhor educação pública do Estado de Alagoas. Nesse mesmo site olhem aonde está a colocação da educação pública de Penedo. Tá lá no rabo, lá no finalzinho, porque, infelizmente, a gestão atual não tem compromisso com educação pública de qualidade, com os estudantes e o povo de Penedo que elegeu ele.”, disse o prefeito.

Porém, os aliados de Saldanha/Toledo usaram o trecho “rabo” em uma montagem separando-o: “Tá lá no rabo, lá no finalzinho, porque, infelizmente, a gestão atual não tem compromisso com educação pública de qualidade, com os estudantes e o povo de Penedo que elegeu ele...” e colocando apenas que “A Educação de Penedo tá lá no rabo” modificando o áudio completo para enganar os municípes.

Há cerca de um mês, acompanhado de seus advogados, Március Beltrão também fez o registro de um Boletim de Ocorrência contra a coligação “Pra Fazer Muito Mais”, encabeçada pelo atual prefeito de Penedo, espalhou - nos carros de som, no guia eleitoral e nas inserções de rádio - um áudio falso com a voz do ex-prefeito falando que saúde, educação e ação social não funcionou.

Na denúncia, o ex-prefeito relatou que a iniciativa contraria os princípios éticos e se choca com a legislação eleitoral. Os advogados também haviam impetrado uma ação contra o candidato Israel Saldanha (DEM) por divulgar de forma irresponsável a mensagem truncada em carros de som, no guia eleitoral e nas inserções de rádio.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy

Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Collor participa de comício e caminhada em Jequiá da Praia

Assessoria 1348950295collorjequia Marcelo Beltrão, Fernando Collor e Zé Luiz Coutinho

O senador Fernando Collor (PTB) visitou o município de Jequiá da Praia, onde participou da caminhada e comício do candidato à reeleição e atual prefeito, Marcelo Beltrão (PTB), na sexta-feira (28), arrastando uma multidão de admiradores pelas ruas da cidade. Ao lado do candidato a vice-prefeito, Zé Luiz Coutinho, Beltrão e o senador Collor levaram centenas de pessoas ao comício. 

Na oportunidade, o ex-presidente disse que o município do litoral sul já conta com seu apoio – em Brasília - para que se desenvolva e cresça ainda mais nos próximos anos. Collor enfatizou também que Jequiá continua nos trilhos do desenvolvimento desde que o prefeito Marcelo Beltrão assumiu à Prefeitura - a exemplo da pavimentação da região lagunar que foi emenda de bancada do próprio senador.

“Minha gente, vamos trazer para Jequiá mais desenvolvimento e investimentos junto a esse povo. Saneamento básico, construção de casas, infraestrutura e o turismo são importantes para o crescimento desta cidade. Jequiá da Praia com Marcelo Beltrão vive isso nos dias atuais. Vamos continuar com o progresso e o respeito que se tem ao dinheiro público que está sendo investido no município”, discursou o Collor.

Estaleiro Eisa

Ainda no comicío, o deputado estadual João Beltrão (PRTB) trouxe uma novidade para os que assistiam os discursos de perto. JB enfatizou que o Estaleiro Eisa vai ser instalado na cidade de Coruripe e beneficiará milhares de pessoas do litoral sul.

“Não se preocupem, o Estaleiro vai ser instalado na cidade vizinha de vocês. O Estaleiro vai ficar lá no Miaí. Portanto, Jequiá da Praia também será beneficiada pelo Eisa por ficar perto e ser co-irmã de Coruripe. Com isso, a geração de emprego será para todos os moradores desta região”, revelou o deputado.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Depois da Justiça Federal, MPF/AL denuncia ex-prefeita por desvio de recursos

TSE 1347725939rosinha jatoba Roseane Castro Jatobá (PMDB), conhecida como Rosinha Jatobá

Depois da Justiça Federal condenar ex-prefeita do município de Jequiá da Praia, Roseane Castro Jatobá (PMDB), conhecida como Rosinha Jatobá – através da Controladoria Geral da União (CGU) – a pagar multa por desvio de verbas na educação, o Ministério Público Federal (MPF) - em Alagoas - ajuizou duas ações (de improbidade administrativa e penal).

Rosinha é acusada pelo desvio de R$ 230.864,62 (atualizados) repassados pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para execução de melhorias sanitárias domiciliares. Os recursos foram transferidos em 2008 quando ela era gestora. No entanto, a Funasa, em parecer técnico, constatou a inexecução total da obra, em agosto do ano seguinte. Os 82 módulos chegaram a ser construídos, mas nenhum deles foi finalizado.

Na ação penal, Roseane Jatobá e o ex- secretário de Infraestrutura, Maurício Jorge Costa Corcino, são acusados pelo crime previsto no artigo 1º, I, do Decreto-Lei nº 201/1967: “apropriar-se de bens ou rendas públicas, ou desviá-los em proveito próprio ou alheio”.

Contra Roseane Jatobá pesa a prática do ato de improbidade administrativa, principalmente, na modalidade que causa prejuízo ao erário. No entanto, a inexecução das obras sanitárias, em virtude da deficiência do município, poderia acarretar na disseminação de doenças infectocontagiosas na população local.

O MPF/AL requer dos réus o pagamento de R$ 692.593,86 – soma do valor de R$ 230.864,62 (já corrigido) e multa.

O detalhe: entre os pedidos consta ainda perda da função pública, conforme o caso; suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco a oito anos; e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, pelo prazo de cinco anos.

Rosinha Jatobá foi prefeita do município no período de 2001-2008. Hoje, a ex-prefeita busca um terceiro mandato em Jequiá da Praia. E agora? Tem alguém mentindo: o blog, o portal, a Justiça Federal ou o MPF-AL?

Com a resposta, os aliados da ex-prefeita!

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Com ASCOM  do MPF/AL

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Cinegrafista é agredido por candidato a prefeito de Coruripe

Divulgação 1348590757img1103 Cinegrafista foi agredido e prestou queixa

O candidato a prefeito de Coruripe, José Enéas da Costa Gama, o Zé Enéas (PPS), agrediu fisicamente e verbalmente o cinegrafista Ítalo Lessa, em comício, próximo ao Estádio Gerson Amaral.

VEJA O VÍDEO CLICANDO AQUI!

O blog recebeu o vídeo onde mostra que Zé Enéas – após agredir verbalmente – desceu do trio elétrico onde discursava , foi até o cinegrafista e quebrou a lente da câmera filmadora. “Tem um chumbeta dele (referindo-se ao candidato Joaquim Beltrão) filmando. Vou descer daqui para me filmar mais perto”, falou o candidato.

De acordo com Ítalo Lessa, a presença dele no local foi para gravar o evento e colocar no site em que administra. Porém, quando ele se aproximou do palanque foi pego de surpresa e levou um soco do candidato.

Além disso, o cinegrafista confirmou também que o candidato da oposição - Carlos Alberto da Silva Aubuquerque, o Dr. Carlos (PSB), ajudou na agressão. Ítalo relatou ainda que sofreu escoriações na região da face e nos cotovelos (Ver Fotos Anexadas).

Diante dos fatos, Lessa foi até a delegacia do município e prestou queixa. A vítima revelou que os candidatos queriam “roubar” a câmera. O juiz da 07ª Zona Eleitoral de Coruripe, Sóstenes Alex Costa de Andrade, falou que tomará providências com relação ao ocorrido.

A coligação “Trabalho, Esse é o Compromisso”, do candidato Joaquim Beltrão (PMDB,) entrou com uma representação contra o candidato da oposição.

Tropas Federais

Na semana anterior,o gabinete da Presidência do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) recebeu o pedido de envio de tropas federais para Coruripe. No documento, o juiz Sóstenes Alex narra uma série de acontecimentos recentes que colocariam em risco o bom andamento do pleito eleitoral no município.

A depredação de diversos veículos de uma caravana de determinada coligação, ameaças em palanque de comício feitas por um deputado estadual, indícios da existência de um suposto grupo de extermínio na cidade (com a prisão de três indivíduos integrantes deste grupo), clima de insegurança e instabilidade, baixo efetivo policial em grande extensão territorial e histórico de violência foram alguns dos motivos descritos pelo juiz eleitoral no ofício encaminhado à Presidência do TRE/AL para o envio de tropas.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com


 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Ex-prefeita diz que não foi condenada pela Justiça Federal

TSE 1347725939rosinha jatoba Roseane Castro Jatobá (PMDB), conhecida como Rosinha Jatobá

A ex-prefeita do município de Jequiá da Praia, Roseane Castro Jatobá (PMDB), conhecida como Rosinha Jatobá, através de sua Assessoria Jurídica, negou que foi condenada pela Justiça Federal por desvio de verbas na Educação, como havia sido publicada aqui no blog - “Justiça Federal condena ex-prefeita a pagar multa por desvio de verbas na Educação” (Ver matéria Relacionada)

O blog recebeu – via email - o direito de resposta enviado pelos advogados da ex-prefeita. No texto, a assessoria informou que Jatobá não foi condenada pela Justiça uma vez sem encontrar em grau de recursos o processo citado no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), e não fora encontrada nenhuma irregularidade junto ao FNDE em grau administrativo.

O texto enviado descreve ainda que a candidata do PMDB alegou que as afirmativas realizadas são de interesse político, já que o jornalista é assessor de imprensa da Prefeitura de Jéquia da Praia, nomeado pelo atual prefeito - Marcelo Beltrão - que também disputa à Prefeitura.

Em outro parágrafo, Rosinha Jatobá revela ainda que desmente as colocações mentirosas escrita aqui neste mesmo espaço, como também, as acusações não possuem nenhum fundamento e são totalmente levianas e tendenciosas.

Porém, este jornalista não tem nomeação nenhuma na Prefeitura de Jequiá da Praia e, muito menos, a matéria divulgada neste espaço foi tendenciosa. De fato, o blog teve acesso à sentença dada pelo juiz federal Paulo Machado Cordeiro. Em momento algum - no texto da matéria “Justiça Federal condena ex-prefeita a pagar multa por desvio de verbas na Educação” - este jornalista plantou alguma notícia falsa.

Repito: a matéria foi escrita baseada na sentença (Veja Imagens Anexadas) dada pelo juiz federal Paulo Machado Cordeiro. O texto - apurada com veracidade e registro de fatos – foi esmiuçada de acordo com o resultado proferido pelo magistrado.

Não foi este jornalista que inventou e/ou criou algum fato para favorecer o candidato a prefeito de Jequiá da Praia, Marcelo Beltrão. A Justiça Federal – através da sentença dada pelo juiz – foi quem condenou a ex-prefeita a devolver cerca de R$ 12 mil por mês aos cofres públicos – no período de 24 meses.

Rosinha Jatobá busca um terceiro mandato na cidade do litoral sul. Na disputa, ela enfrenta o atual prefeito do município e candidato à reeleição - Marcelo Beltrão (PTB).

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

DIREITO DE RESPOSTA

ART. 16, IV, “a” da Resolução TSE nº 23.367/2011

Rosinha Jatobá é ficha limpa e desmente assessor de prefeito

A candidata á prefeitura em Jequiá da Praia, Rosinha Jatobá (PMDB), através de sua assessoria jurídica vem a público colocar a verdade e desmentir as colocações mentirosas realizadas pelo jornalista Kleverson Levy em seu blog, no site cada minuto, afirmando que não foi condenada pela Justiça, uma vez sem encontrar em grau de recursos o processo citado no Tribunal Regional Federal da 5ª Região – TRF5, e não fora encontrada nenhuma irregularidade junto ao FNDE ainda em grau administrativo.

A candidata do PMDB alega que as afirmativas realizadas são de interesse político, já que o jornalista é assessor de impressa da prefeitura de Jéquia da Praia, nomeado pelo atual prefeito Marcelo Beltrão, que também disputa a prefeitura.

As acusações não possuem nenhum fundamento e são totalmente levianas e tendenciosas, principalmente, quando diz que houve desvio de recursos, quando no item 42 da sentença proferida pelo Juiz Federal Paulo Machado Cordeiro, afirma: “ no que pertine a eventual proveito patrimonial, não há nos autos indícios de que a demandada se beneficiou pessoalmente com as omissões aqui verificadas”.

Por fim a candidata Rosinha Jatobá é FICHA LIMPA e luta por uma Jequiá da Praia livre, em paz e longe da truculência e do medo.

Assessoria Jurídica
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Áudio com voz de Cordeiro e divulgado pelo PT tem autorização legal

Internet 1347989516cordeiro Albérico Cordeiro

A gravação com a voz do ex-prefeito de Palmeira dos Índios, Albérico Cordeiro, na campanha da candidata Patrícia Sampaio (PT) ainda vem gerando polêmica na cidade. No grupo de amigos do Facebook – onde comenta-se sobre o processo eleitoral – há várias opiniões divergentes.

Segundo uma fonte fidedigna - que prefere não se identificar, a gravação tem autorização legal para ser divulgada e, inclusive, de familiares do ex-prefeito. Na gravação, Cordeiro fala: “Não vamos retroagir, nem nos desacertos, nem na valentia; não vamos retroagir nos desmandos, nem nas imposições e nas ameaças. Não!”

Albérico Cordeiro em 2008 apelava à consciência do povo de Palmeira para não votar em determinados candidatos daquele pleito. Ocorre que o áudio com a voz do ex-prefeito - de 2008 - é mais atual do que nunca nesta eleição palmeirense - por envolver os mesmos personagens da eleição passada.

À época, James Ribeiro (PSDB), Petrúcio Barbosa (PTB), Pedro Paulo (PT) e Hélio Morais (PSOL) disputavam o pleito para prefeito. Hoje, os candidatos são os mesmos, com exceção do PT, que apresenta o nome da deputada estadual Patrícia Sampaio. Mas James Ribeiro (PSDB), Petrúcio Barbosa (PTB) e Alcineide Nascimento (PR) repetem a mesma história de 2008.

Apenas Alcineide não disputou o cargo de prefeita na eleição anterior, porém, foi coordenadora da campanha de Petrúcio Barbosa. O candidato a vice-prefeito da chapa era o esposo dela - o ex-vereador Júnior Miranda. O médico Hélio Morais que bradava em comícios seus discursos anti-taturanas e sanguessugas em 2008, hoje apoia James Ribeiro na reeleição.

A mensagem de Albérico Cordeiro continua válida para este pleito. Cordeiro que construiu seu marketing divulgando o número 14, no entanto, em sua última campanha, defendeu o nome do presidente Lula como o maior benfeitor da cidade que governou por dois mandatos.

Repercussão

Nas redes sociais, os partidários de Petrúcio Barbosa ficaram com “dor de cotovelo”, afinal, esperavam ligar o legado de Cordeiro ao candidato petebista atual. Não deu certo! O tiro deflagrado pelo PT - em Palmeira dos Índios - utilizando a gravação de Cordeiro – autorizada por quem é de direito – atingiu em cheio os “petrucistas” que ficaram atordoados.

Já os aliados de James Ribeiro tentaram ridicularizar a gravação considerando um desrespeito à memória ao ex-prefeito - que faleceu em 2010. Só que James fez o mesmo estratagema em 2008. Ribeiro utilizou uma gravação com a voz do pai, o ex-prefeito Helenildo Ribeiro, falecido em 2006, e venceu a eleição.

Na cidade, principalmente na periferia de Palmeira, onde a liderança de Cordeiro ainda é lembrada, a mensagem emociona e faz o povo refletir sobre os candidatos dda disputa atual e, claro, que são os mesmos de quatro anos passados. 

Com o pleito embolado, um candidato sub judice (Petrúcio Barbosa) e o atual prefeito com rejeição altíssima, comenta-se nas ruas, nas rodas políticas, nas esquinas e nos bares que o futuro da Princesa do Sertão trará grandes surpresas após o 07 de outubro.

Será?

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Mais uma pesquisa de opinião aponta liderança de Március Beltrão

Jornal Gazeta de Alagoas 1347825724258305479992748686531712039511o Pesquisa Gape

Depois de divulgada a pesquisa Ibrape-Cadaminuto - realizada na cidade de Penedo - a primeira pesquisa Gape, publicada neste domingo(16), no jornal Gazeta de Alagoas, mostra Március Beltrão (PDT) na liderança das intenções de votos.

Com 52%, Beltrão permanece à frente de seu maior opositor nesta campanha: o atual prefeito e candidato à reeleição, Israel Saldanha (DEM). Segundo o Gape, foram entrevistados 588 eleitores - numa amostra proporcional ao eleitorado de Penedo.

Március Beltrão saiu na frente com 52%, Israel Saldanha com 26% e, em terceiro lugar, aparece Carlos da Educação com 11%. Não sabe em quem vai votar ficou em 6% e os que não opinaram em 5%.

A pesquisa do Gape foi realizada na última sexta-feira, dia 14, alcançando todas as faixas de renda e idade. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AL).

Rejeição

Em agosto, a pesquisa Ibrape-Cadaminuto divulgada aqui no site CadaMinuto (Ver matérias relacionadas), apontou que o ex-prefeito estava com 45% das intenções de votos. A liderança de Március Beltrão (PDT) - na disputa pela Prefeitura da cidade – vem incomodando o grupo político do seu principal adversário.

No resultado total da pesquisa Ibrape-Cadaminuto, 29% dos entrevistados disseram que não votariam em Israel Saldanha. No Gape, 45% disseram que não votam de jeito nenhum no atual prefeito. A rejeição de Saldanha deu um salto se comparado com a pesquisa Ibrape.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com