Internada em hospital, Dilma Rousseff realiza novos exames

  • gilcacinara
  • 19/05/2009 08:13
  • Brasil/Mundo

A ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), que trata um câncer linfático, passará a manhã realizando exames médicos no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. A ministra deu entrada no hospital por volta das 3h desta terça-feira após passar mal em Brasília.

Em nota, o hospital informa que a ministra passou por uma ressonância magnética, "que mostrou-se dentro da normalidade".

Dilma se sentiu mal no começo da tarde de ontem. Ao final do dia, queixando-se do aumento da intensidade da dor na região das pernas, foi a um hospital de Brasília e tomou medicamento contra a dor.

Por volta das 22h de ontem, seus médicos providenciavam um transporte aéreo para que ela fosse levada ao Sírio-Libanês para avaliação mais detalhada.

Em viagem à China, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva já foi informado sobre o estado de saúde da ministra.

Em 25 de abril, Dilma anunciou a retirada de nódulo de 2,5 centímetros da axila esquerda. O tratamento, considerado preventivo, deverá durar quatro meses. Segundo os médicos, as chances de cura são superiores a 90%.

Na sexta-feira passada, em entrevista coletiva na base aérea de Brasília, ela disse estar se sentido muito bem. "Eu estou me sentido bem, não tenho enjoo, não tenho nenhum cansaço. A minha quimio saiu muito bem, obrigada", afirmou.

Em abril, Dilma disse que não iria transformar seu tratamento num espetáculo midiático. "Devo satisfação e gratidão ao povo pelas manifestações de apoio que venho recebendo, mas não vou transformar esse tratamento num espetáculo midiático."

*

Veja a íntegra do último boletim médico divulgado pelo hospital Sírio-Libanês:

"A sra. ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, apresentou dores nos membros inferiores necessitando de medicação endovenosa. A paciente deu entrada no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, às 3h do dia 19 de maio para realização de exames. A Sra. ministra submeteu-se a uma ressonância magnética que mostrou-se dentro da normalidade. Durante o dia de hoje continuará submetendo-se a novos exames.

Dr. Antônio Carlos Onofre de Lira, diretor técnico hospitalar
Dr. Riad Younis, diretor clínico"