Subiu de 124 para 128 o número de cidades em situação de emergência devido à ausência de chuva em Santa Catarina, de acordo com a Defesa Civil do Estado. As regiões mais atingidas são o oeste, o planalto, o norte e o Vale do Itajaí.

 

Em algumas localidades não chove desde o final de março. A estimativa da Defesa é de que ao menos 1 milhão de habitantes esteja sofrendo com a seca, o equivalente a 18% da população total de Santa Catarina.

 

De acordo com a Defesa, a situação complica a produção agrícola e também a geração de energia no Estado. Nove das 12 usinas hidrelétricas de propriedade das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) estão com o funcionamento comprometido devido à baixa do nível dos rios.