Uma empresária britânica que engravidou aos 66 anos de idade e está prestes a se tornar a mulher mais velha do país a dar à luz disse que não tem que defender sua posição.

Elizabeth Adeney, do condado de Suffolk, está grávida de oito meses depois de ter passado por tratamento de fertilização in vitro na Ucrânia, segundo informações do jornal Sunday Mirror.

Ela disse ao jornal que sua idade não é importante, afirmando que o que importa é o que "eu sinto por dentro". Adeney declarou que se sente tão jovem quanto aos 39 anos de idade, e que é mais saudável do que algumas de suas funcionárias mais jovens.