Unhas descascando e kits complicados de depilação estão com os dias contados. Uma cera depilatória que pode ser aplicada sem papel, e uma tintura em gel para as unhas, de fixação permanente, prometem acabar com esses problemas.

 

Os dois produtos são algumas das novidades apresentadas na Feira Estética In Rio, que começou ontem (16) e vai reunir por três dias profissionais de beleza e empresas do setor. O evento não é aberto ao público.


Na feira, as mulheres vaidosas podem testar a cera, que promete tirar os pelos mais grossos e resistentes, e também pode ser usada em regiões sensíveis do corpo.


O segredo, segundo a professora de estética Liliana Tarenzi, é o óleo de capim-santo, que compõe o produto. “Ele gruda mais no pelo do que na pele, facilitando a extração. Além disso, capim-santo tem efeito de aromaterapia, com propriedades calmantes”, revela a esteticista.

 

Antes de ser usada, a cera deve ser aquecida, até que derreta e possa ser espalhada na pele com a ajuda de uma palheta de madeira. Em contato com a superfície da pele, ela se solidifica e pode ser retirada imediatamente, sendo puxada por uma de suas extremidades, de uma só vez.

 

O ‘puxão’, no entanto, não é muito agressivo. “Dói menos do que a cera normal, com certeza“, disse a fisioterapeuta Luciana Loureiro, que compareceu à feira e testou o produto.

 

Livres dos pelos, as mulheres que também se precupam com a beleza das mãos podem se interessar pela tintura em gel para as unhas, que oferece a vantagem da fixação permanente. Ela pode ser usada sobre unhas naturais ou postiças, sejam elas de porcelana, acrílico ou qualquer outro material.

 

“O gel já está sendo muito usado na Europa. A vantagem é que o produto é permanente, não descasca como o esmalte. Normalmente a cliente enjoa da cor antes que dê qualquer problema de aparência na unha. Aí nós fazemos a remoção com uma lixa. Mas você pode ficar o tempo que quiser com o produto, fazendo retoques, é claro, na base, à medida que a unha vai crescendo”, descreve a esteticista Maria Márcia dos Santos.

 

Ela explica ainda que o serviço é um pouco mais caro que o esmalte. “É tudo tão novo, que ainda não há um preço definido, mas fazer a mão com gel é mais caro do que com esmalte, até por causa da duração”, diz ela. O preço de um pote de tintura em gel é de R$28, enquanto um vidro de esmalte custa, em média, menos de R$5.

 

A aplicação pode ser feita por qualquer pessoa, mas é necessário ter uma cabine de raio ultravioleta para fazer a secagem. “Como a cabine custa cerca de R$150, vale mais a pena procurar uma profissional para fazer a aplicação”, completa Márcia. Normalmente são necessárias duas demãos, seguidas de três minutos na cabine.

 

O produto pode ser encontrado em qualquer cor, mas as tendências para o inverno são os tons fechados como o beterraba, o achocolatado e o café. Por cima do gel, podem ser aplicados glitter, pedras e cristais decorativos, desde que seguidos de novas camadas do gel, em cor transparente.

 

Tanto a cera depilatória quanto o gel poderão ser encontrados em salões de beleza e centros de estética. No entanto, como estão chegando agora ao mercado, pode ser necessário entrar em contato com as empresas para ter acesso ao serviço.