Uma refinaria com capacidade de processar 600 barris diário de petróleo será construída no município de Bacabeira, a 60 quilômetros de São Luiz, no Maranhão. O governo do estado e a Petrobras assinaram ontem (15) um protocolo de intenções para a construção da refinaria.

 

A unidade será a maior do gênero na América Latina e vai custar cerca de US$ 20 bilhões. A previsão de entrada em operação é para 2013.

 

O protocolo de intenções é o primeiro passo para viabilizar a construção da refinaria, e sinaliza a atuação de cada parte no empreendimento, além do cronograma das obras. O documento antecede a assinatura do termo de compromisso, que marca o início das obras e deverá ser firmado em até 120 dias.

 

O documento foi assinado pela governadora do Maranhão, Roseana Sarney, e pelo diretor de Serviços da Petrobras, Renato Sousa Duque. O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, também participou do evento.