Ministério da Defesa conclui protocolo de ações para o controle da gripe suína no país

  • antoniomelo
  • 15/05/2009 05:25
  • Brasil/Mundo

O Ministério da Defesa concluiu ontem (14) o protocolo que uniformiza e intensifica as ações de controle da propagação do vírus da gripe suína pelas fronteiras do país, em acordo com agências reguladoras ligadas aos transportes aéreo, terrestre e marítimo e órgãos de controle sanitário.

 

O protocolo define os procedimentos sanitários e técnicos a serem aplicados durante a chegada de passageiros e tripulantes provenientes do exterior. O documento será submetido à aprovação, na próxima segunda-feira (18), do Gabinete Executivo Interministerial (GEI), órgão responsável pela adoção de medidas de combate à disseminação da gripe suína no Brasil.

 

De acordo com o Ministério da Defesa, assim que o protocolo for aprovado, os 88 pontos de controle existentes em aeroportos, portos e áreas de fronteira do país estarão prontos para a aplicação das medidas.

 

O documento adapta e aperfeiçoa as ações, criadas em 2006, do Plano Brasileiro de Preparação para Pandemias de Influenza, elaborado quando o país teve a ameaça, na época, de uma possível pandemia de gripe aviária em função da propagação do vírus H5N1. Segundo o ministério, as medidas só serão divulgadas no dia 18, quando o protocolo for aprovado.

 

Participaram da conclusão do documento representantes da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), da Receita Federal, da Polícia Federal e da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).