Novos exames feitos no vice-presidente da República, José Alencar, detectaram 18 novos tumores na região de seu abdome.

Alencar será submetido a quimioterapia com uma droga experimental produzida na França.

A situação do vice-presidente é considerada delicada pelos médicos, por isso, o tratamento deverá começar já na próxima semana.