Representantes da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Maceió visitaram, nesta terça-feira (12), o Hospital Geral do Estado (HGE) para conhecer o funcionamento da unidade, bem como as condições de trabalho e de atendimento.

As vereadoras Heloísa Helena e Fátima Santiago percorreram as áreas azul, vermelha, amarela e o Centro de Tratamento de Queimados. Segundo Heloísa Helena, o objetivo da visita foi verificar as dificuldades da unidade e propor ações para melhorar o atendimento.

Durante a visita à área azul, onde são atendidos pacientes clínicos e de menor gravidade, as vereadoras constataram que a maioria dos pacientes apresenta doenças crônicas. “Esses pacientes são oriundos, em sua maioria, do município de Maceió, que detém gestão plena do Sistema Único de Saúde e, portanto, recebe recursos direto do Ministério da Saúde”, informou o superintendente de Atenção à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Vanilo Soares.

O superintendente acompanhou a visita e explicou que a superlotação é um problema externo que desemboca no HGE. “Temos um hospital aberto 24 horas e que atende a todos os tipos de agravos, desde uma ocorrência menos grave até um Acidente Vascular Cerebral (AVC). A elevada demanda dificulta o controle, não só do fluxo de pacientes como também de material de consumo e insumos para a prestação de um atendimento digno e humanizado”, disse.