O cantor MoacirLeandro apresenta seu eclético repertório de MPB, jazz, bossa nova e bolero, nessa sexta-feira, a partir das 21h, no projeto “Mandala Cultural”, no centro da cidade. Há, também, uma parte instrumental no show, já que Leandro, além do violão de seis cordas, domina um instrumento de sopro, o trompete.

A noite promete surpresas. “É um show muito movimentado porque eu canto, toco violão, chego junto das pessoas tocado trompete”, garante o artista, de 30 anos. Acompanhado dos músicos Gustavo Lucas (violão de sete cordas, guitarra e cavaquinho) e Gordo (bateria), MoacirLeandro interpretará “hinos” de Vinicius e Tom Jobim, Chico Buarque, Djavan, Fagner, Belchior e Zé Ramalho, prometendo, ainda, cantar algumas pérolas da música alagoana. “Tem um jazz meu e do Gustavo, que se chama ‘Ele e Eu’. Eu estou produzindo meu segundo CD, compondo canções. Vou apresentar coisas desse trabalho e músicas de Basílio Sé, Júnior Almeida, Carlinhos Moura.”

Natural de Atalaia (a 45 km de Maceió), há 14 anos o cantor veio para a capital. Mas desde 1992 – morando ainda no interior – ele mexe com música. “Toquei na Orquestra Independente de Santa Luzia do Norte e na Orquestra Contemporânea de Alagoas regida pelo maestro Joselho Rocha. Quando cheguei a Maceió, conheci o Basílio Sé e, logo após, o subtenente da Polícia Militar Antônio Severino, que me ensinou a solfejar, a ler música. Depois eu tive uma passagem no Coretfal. Foi lá que aprendi a lidar com a voz”, conta Leandro, firmando-se como a “nova voz de Alagoas”. “As pessoas é que estão dizendo isso. Desde que me lancei numa carreira solo, há três anos, realmente eu não paro”, reconhece o músico, com shows agendados em vários locais da cidade.

Musicalmente, MoacirLeandro diz que, “se for falar em ritmo”, curte “muito” bossa nova, mas sua praia mesmo é o funk e o samba. “Esse negócio mais suingado, entende? Eu gosto de Zeca Baleiro e Seu Jorge.” Em 2007, gravou um CD, ao vivo, patrocinado pelo restaurante Confraria do Rei. “Gravei somente músicas de outros compositores. Agora não, nesse novo CD, quero mostrar meu trabalho autoral”, promete.

Mandala Cultural

Toda sexta-feira, às 21h, com happy hour a partir das 18h. Rua Barão de Maceió, 105, Centro, tel. (82) 3223 7863. Nessa sexta, dia 15, à 21h, show do cantor, violonista e trompetista MoacirLeandro. Participação dos músicos Gustavo Lucas. Ingressos: mesa (quatro pessoas), R$ 30; individual, R$ 5.