A Justiça da Inglaterra condenou nesta segunda-feira (11) um jovem alemão à prisão perpétua após matar o namorado de uma garota que havia conhecido em um fórum virtual de gamers. David Heiss, 21, deu 86 facadas em Matthew Pyke, 20, depois que Joanna Witton, 21, indicou que não queria nada com o alemão. Em setembro do ano passado, Heiss foi da Alemanha até o apartamento que o casal dividia em Nottingham, na Inglaterra, onde cometeu o crime.

De acordo com a publicação “Daily Mail”, Heiss ficou obcecado por Joanna e jurou a um conhecido do fórum on-line Warscentral, ligado ao jogo da Nintendo “Advanced wars”, que ele “eliminar sua vítima”. O caso ganhou ainda mais atenção pelo fato de Pyke ter escrito com seu próprio sangue, ao lado do monitor, as três primeiras letras do nome do assassino: “dav”.

O alemão terá de cumprir pelo menos 18 anos até que possa pedir liberdade condicional. Segundo o juiz Justice Keith, que deu a sentença, “Heiss ficou obcecado por Joanna e não conseguiu lidar com a rejeição”. A história serviu para que a polícia chamasse atenção para os perigos da internet, pelo fato de o assassino ter usado diversas ferramentas e informações disponíveis on-line até encontrar o endereço do casal.

Declaração

Heiss estava entre os 40 usuários ativos do Warscentral e trocava mensagens regularmente com Joanna via este fórum e também comunicadores instantâneos. Ele vivia na Alemanha, com a avó, e não tinha amigos fora da web. Em março de 2008, seis meses antes do ataque, o alemão confessou a um conhecido da internet que tinha uma queda pela britânica, apesar de nunca tê-la visto pessoalmente.

Dois meses depois, o alemão que usava o apelido “Eagle The Lightning” se declarou a Joanna via e-mail. Quando a jovem mostrou que não estava interessada, ele decidiu visitar o casal, em Nottingham, mesmo sem ser convidado.

A um gamer chamado “Nebula”, Heiss enviou uma lista de pessoas que “precisavam ser eliminadas”: o ranking era iniciado por Pyke, conhecido on-line como “Shade”. Referindo-se a Pyke e Joanna, o alemão escreveu: “essa história toda vai acabar com pelo menos um de nós três morto”. O assassinato foi realizado na terceira “visita” do gamer ao apartamento do casal.

Ataque

Os jurados do tribunal de Nottingham Crown ouviram que Heiss usou como arma uma faca que havia levado da Alemanha até a Inglaterra. Ele esperou que Joanna saísse para o trabalho e bateu na porta, atacando em seguida o jovem britânico. O alemão alegou que só queria dar um susto em Pyke, mas usou a faca para se defender, após os dois começarem a brigar.

Heiss voltou de avião para a Alemanha. A polícia encontrou suas roupas ensangüentadas em uma mala debaixo de sua cama, além de uma carta de suicídio que ele havia escrito em nome de Pyke. A vítima foi encontrada pela namorada, quando ela voltou do trabalho. O casal havia se conhecido na internet, em um fórum on-line que antecedeu o Warscentral, onde trocavam dicas e estratégias sobre “Advanced wars”.