Washington: 38 dias sem festejar um gol pelo São Paulo: ‘Não é muito’, diz ele. Atacante vive de gols e não gosta de ficar nem uma partida sequer sem deixar a sua marca. Imagine então ficar 38 dias sem comemorar um gol.

Esta é a realidade que Washington espera acabar neste domingo, no Maracanã, no jogo contra o Fluminense, na estreia dos dois times no Brasileirão-2009.

Os 38 dias, ou cinco partidas, é o maior período sem marcar um gol do camisa 9 pelo novo clube. Curiosamente, neste domingo ele vai enfrentar, pela primeira vez, o ex-clube, que o recolocou no cenário nacional de futebol, no ano passado.

E um jejum parecido foi quebrado por Washington, em 2008, justamente quando ele enfrentou o São Paulo, mas pela Copa Libertadores. Seu maior jejum de gols no Tricolor carioca ocorreu entre o dia 23 de março e 21 de maio.

 O jejum de 58 dias, ou oito partidas, sem marcar foi quebrado em um jogo traumático para os são-paulinos até hoje. Foi na vitória do Fluminense por 3 a 1, também no Maracanã, onde as duas equipes duelaram pelas quartas-de-final da Libertadores. O gol no último minuto eliminou o Sampa, que já estava com a vaga nas mãos.

– Muita gente comenta agora que eu tenho de marcar gols contra o Fluminense. Mas não posso entrar em campo pensando nisso. Tenho de entrar para fazer o que eu venho fazendo desde o começo do ano pelo São Paulo. Vai ser um jogo duro – disse.

Washington não foi bem nas últimas partidas do São Paulo. Ele não marca desde a vitória por 2 a 1 diante do Guaratinguetá, pelo Paulistão, no dia 2 de abril. Na ocasião, fez de cabeça o gol da vitória, em jogo à tarde.

– Para quem já ficou mais de um ano sem marcar, no período em que eu fiquei afastado do futebol, esse período é bem pequeno. Mas é claro que me incomoda – disparou ele, que não gostou de responder sobre o jejum.