Na próxima quarta-feira (13), a Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas (Diteal) inaugura o mais novo espaço para as artes visuais de Alagoas: o Café da Linda, localizado no Teatro Deodoro. Na abertura, a exposição “Nos Trilhos”, de Vicente Ferreira, um dos poucos representantes da arte naïf no Estado. A curadoria desta mostra é do também artista visual Lula Nogueira.

“Nosso objetivo é trazer o público para mais próximo do Teatro Deodoro, que mesmo fechado para reforma, mantém seu compromisso com a arte alagoana, e para isso adaptamos o Café da Linda para receber exposições, dando oportunidade aos artistas e aos apreciadores da arte alagoana de se aproximarem”, explica Juarez Gomes de Barros, diretor-presidente da Diteal.

A abertura de “Nos Trilhos” também terá a participação do jovem instrumentista Nicolas Silva, 11 anos, que desde os 7 toca violão. “A participação de Nicolas é uma prévia do projeto Instrumental no Arena, que começa no dia seguinte, quinta (14), e acontecerá sempre às segundas quintas-feiras de cada mês, só com música instrumental”, esclarece Alexandre Holanda, diretor-artístico da Diteal, referindo-se ao projeto que terá como primeira atração o show “No Quarto Escuro”, de Everaldo Borges.



A exposição “Nos trilhos” será aberta na quarta, às 19h, no Café da Linda, no Teatro Deodoro.

Música no teatro — Na quinta-feira (14), será aberta a segunda edição do projeto Instrumental no Arena, com o show “No Quarto Escuro”, de Everaldo Borges, no Teatro de Arena Sérgio Cardoso, mas antes, às 17h, haverá uma performance da Associação Teatral Joana Gajuru, com esquetes do espetáculo “Versos de um Lambe-Sola”, na Praça Deodoro em frente ao Teatro, em comemoração ao Dia Alagoano do Teatro, data do aniversário da atriz Linda Mascarenhas.

Linda Mascarenhas foi a responsável maior pela concretização da atividade teatral no Estado. Após três décadas sem grupos teatrais, Linda reativou, em 1944, o teatro em Maceió. A atriz fundou a Associação Teatral de Alagoas (ATA), em 1955, grupo que até hoje se encontra na ativa.

Sobre a apresentação — O artista Everaldo Borges trabalha no seu segundo CD, que será o carro-chefe da sua participação no projeto Instrumental no Arena — II Edição. Ainda no início de 2001, o instrumentista convocou alguns parceiros escolhidos criteriosamente pela qualidade musical, considerando também as particularidades de cada um, e deu início a esse trabalho, já objetivando seu registro em um CD, com um total de dez músicas, sendo sete composições próprias e três de compositores amigos, como o pianista Antonio Carmo, o cantor Eliezer Setton e o saudoso Lourival Passos.

Além do repertório do CD, o show contará com outras composições e a garantia do toque particular e característico de Everaldo Borges, para que prevaleça a sua “linguagem pessoal” nos mais diversos ritmos, como baião, forró, choro, boi e maracatu, e ainda a salsa, funk, balada e jazz.

Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Mais informações: (82) 3315-5665 ou pelo site www.teatrodeodoro.al.gov.br.