Enquanto os Estados do Norte e Nordeste do país sofrem com as enchentes, o  Sul do Brasil enfrenta a seca há mais de um mês. Ontem, subiu de 83 para 94 o número de municípios de Santa Catarina em situação de emergência em decorrência da falta de chuva no Estado, informou a Defesa Civil estadual.

 

De acordo com o Governo do Estado, a seca já atinge mais de 1 milhão de habitantes, o que representa aproximadamente 18 % da população do Estado.

 

As regiões mais afetadas do Estado são a oeste, meio-oeste, norte e planalto serrano. De acordo com o órgão, a região sofre com a estiagem desde o início do ano, afetando inclusive, as principais atividades econômicas da região.

 

Hoje, o governo do Estado anunciou uma série de medidas para combater a seca nos municípios afetados. Entre elas, a perfuração de poços artesianos; a distribuição de 1.000 caixas de água na região oeste; a contratação de cerca de 500 caminhões pipas; além da criação de um comitê para enfrentar o problema.

 

O governo pede ainda que as pessoas economizem e armazenem água principalmente durante o período de escassez. Segundo previsão do Epagri/Ciram, não há previsão de chuvas no Estado para esta quarta-feira (6).