Na tarde desta quinta-feira, homens vestidos com coletes à prova de balas e fortemente armados tentaram assaltar um carro-forte em frente à agência bancária do Banco do Brasil da BR-116 no momento em que o dinheiro era transferido. Houve tiroteio e dois bandidos morreram. Um soldado da Polícia Militar e um vigilante da empresa de segurança de valores Corpvs saíram baleados na troca de tiros, mas sem gravidade.

Um bandido foi preso, mas outros cinco conseguiram fugir. Morreram no local Mario Cleber Nocrato da Silva, 36, e Arlange Freitas da Silva, 34. De acordo com informações da Polícia, os dois já respondiam a processo na Justiça por assaltos de pertencerem a uma quadrilha acusada de assaltos contra carros-fortes na Capital.

Segundo testemunhas, oito bandidos cercaram o carro-forte da Corpvs e quando quatro vigilantes retornavam de dentro da agência bancária com alguns malotes começou o tiroteio.

Com os assaltantes, a Polícia também recuperou duas pistolas e uma escopeta que ficaram caídas ao lado dos corpos.