A pedido do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc), o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Alagoas, Gilberto Irineu, entregará, hoje, às 10h, um dossiê com 24 cartas denúncias e 27 Termos de Declarações, contendo informações detalhadas sobre crimes ocorridos no sistema penitenciário em 2008 e também neste ano.

O dossiê será entregue ao promotor de Justiça Alfredo Gaspar de Mendonça, na sede do Ministério Público Estadual (MPE). O documento expõe um conjunto denúncias que servirão de subsídios para contribuir com o trabalho de investigação de crimes ocorridos no sistema prisional de Alagoas.

“Considerando a solicitação do Gecoc, a Comissão de Direitos Humanos da OAB estará repassando oficialmente um conjunto de vinte quatro cartas denúncias e vinte e sete Termos de Declarações relacionados com o ‘mundo e o submundo do sistema penitenciário’ de Alagoas”, explicou Irineu.

O documento foi solicitado, no dia 15 deste mês, pelos promotores de Justiça Alfredo Gaspar de Mendonça, Edelzito Santos Andrade e Hamilton Carneiro Júnior.