O evento crítico fará com que o rio suba de nível, inundando áreas da calha maior e várzeas do São Francisco, sobretudo nos municípios de Piranhas, Pão de Açúcar, Belo Monte, Traipu, São Bras, Porto Real do Colégio, Igreja Nova, Penedo e Piaçabuçu.

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) alerta as populações ribeirinhas sobre o aumento gradativo na vazão defluente (água liberada) do reservatório de Sobradinho/BA, no rio São Francisco, que atingirá o valor de 4.000 metros cúbicos por segundo no próximo dia 29. O evento crítico fará com que o rio suba de nível, inundando áreas da calha maior e várzeas do São Francisco, sobretudo nos municípios de Piranhas, Pão de Açúcar, Belo Monte, Traipu, São Bras, Porto Real do Colégio, Igreja Nova, Penedo e Piaçabuçu.

A informação é da Agência Nacional de Águas, que recebeu boletim da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) com dados do monitoramento sistemático da bacia do ‘Velho Chico’. Para se ter uma idéia, em 22/04 o volume útil do reservatório de Sobradinho era de 96,82%; no dia seguinte esse número subiu para 97,68%. Dado o grande volume de água, a Chesf, agente responsável pelas operações, adotou uma vazão de defluência do reservatório da ordem de 2,7 mil metros cúbicos por segundo. Este valor será aumentado gradativamente, até atingir 4.000m³/s na quarta-feira próxima.

A Chesf destacou ainda que a bacia encontra-se no final do seu período chuvoso e que a situação hidrológica esta sendo permanentemente avaliada, podendo sofrer alterações nos valores em função da evolução das chuvas e vazões. O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) e as secretarias estaduais de recursos hídricos da Bahia, de Pernambuco e de Sergipe também já foram informadas.