O governo decidiu atender o apelo de construtoras e mutuários que querem financiar imóveis acima de R$ 350 mil. O secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, disse nesta quarta-feira (25) que o Conselho Monetário Nacional (CMN) vai autorizar que sejam financiados pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) imóveis de até R$ 500 mil.

“Vamos tomar essa decisão na reunião de amanhã (quinta-feira) no Conselho Monetário Nacional. Hoje, o valor limite do imóvel é de R$ 350 mil. Vamos ampliar para R$ 500 mil”, comentou.

A medida também vale para financiamentos com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Segundo ele, o CMN também vai alterar uma resolução que só permite que os mutuários financiem até 80% do valor do imóvel. O governo passará a autorizar financiamentos de até 90% do valor do imóvel. “Isso não quer dizer que as instituições financeiras serão obrigadas a financiar 90% do valor do imóvel. O mutuário terá que convencer o banco a fazer isso”, explicou.