Bonita, generosa e a mais barata entre as capitais famosas do Nordeste. É assim que o Guia de Viagem do UOL apresenta a capital alagoana, numa reportagem também generosa, que contempla desde as belas paisagens formadas pelo mar e seus coqueirais, às intervenções do homem em obras como o calçadão; pincela as opções de lazer e destaca os preços acessíveis em praticamente todos os itens que o visitante costuma aproveitar em sua viagem.

A reportagem é quase um convite irresistível para o próximo destino de passeio. “Destino generoso” que, nas palavras do repórter, “franqueia suas principais atrações sem abalos sísmicos nos gastos da viagem e ainda incentiva os visitantes a conhecer boa parte de Alagoas”

Inspirado pelas belezas da terra, o repórter começa sua descrição da cidade, citando o mar de águas transparentes que emoldura o calçadão nas praias urbanas, da Pajuçara a Jatiúca. E não se esquece de falar dos coqueirais que completam a paisagem. Depois, convida a um mergulho na tranqüilidade das piscinas naturais da Pajuçara, e leva a um passeio de barco pelas águas da Lagoa Mundaú, para conhecer suas ilhas e seus manguezais, culminando com o pôr-do-sol na companhia de rendeiras, artesãos e pescadores no Pontal da Barra.

O aspecto principal da matéria é sobre o custo baixo para aproveitar tudo o que a natureza e a criatividade do homem oferecem. “Em Maceió, sorvetes custam centavos, caipirinhas têm preço de cerveja e as tapiocas dos quiosques, fartas, valem por um almoço rápido. Por alguns trocados, caldinhos de sururu e camarão aquecem o corpo antes do forró ou das longas caminhadas pela orla. Na hora de escolher as lembranças da viagem, os preços nas feiras de artesanato convidam a levar peças como a renda filé para mais pessoas da família”, diz um trecho da reportagem.

“É muito bom para o nosso destino ter destaque na mídia nacional como uma cidade associada à prática saudável de turismo; que segue a principal diretriz de sustentabilidade nesse segmento, que é de explorar o potencial turístico e nunca o turista”, comenta a secretária municipal de promoção do turismo, indústria e comércio, Cláudia Pessôa, feliz com a publicação.

Com o mesmo destaque dado à paisagem modelada pela natureza, a reportagem fala da paisagem urbana construída pelas mãos humanas, sobretudo as intervenções mais recentes, que integram o conjunto de obras de reurbanização da orla de Maceió, prestes a ter mais uma etapa inaugurada pela Prefeitura nas próximas semanas. Nesse aspecto são citadas as vantagens dos calçadões da nossa orla em relação ás praias urbanas de diversos pontos do país.

“Eles são largos, com trechos de grama, pracinhas, ciclovias, pista para corrida, e abrigam barracas e restaurantes de gastronomia diversificada, não apenas as bebidas e lanches dos quiosques. É possível programar um jantar completo, com iluminação romântica e música ao vivo, na companhia permanente do mar”, revela o repórter.

Leia a reportagem completa no endereço http://viagem.uol.com.br/guia/cidade/maceio_index.jhtm?action=print