Não são apenas os cineastas em início de carreira que consideram o curta-metragem um exercício importante. Os veteranos também costumam utilizar o formato para contar pequenas histórias ou experimentar novos recursos. A mostra Curtas do Mundo, que o Sesc Alagoas vem realizando desde março, permanece em cartaz em abril, com exibições nos dias 19 e 22 de abril, às 19h, no Sesc Centro. Na programação, os filmes A Defunta Correa, O Mozart des Pickpockets e Entre Paredes. A entrada é franca.


Nos filmes, histórias são desenvolvidas em países que fogem ao lugar-comum do cinema comercial, como Eslováquia, Bélgica, Itália, Bósnia, Áustria, França e também o Brasil. Os filmes exibidos na mostra possuem a função não só de apresentar ao espectador um pouco de cada país de origem, mas ainda de trazer à tona a reflexão sobre a valorização do cinema mundial e da função da sétima arte em levantar discussões válidas sobre os inúmeros aspectos das relações humanas.


Os curtas que fazem parte da programação da mostra têm forte caráter reflexivo, que legam ao cinema a responsabilidade também de construtor de consciências, livrando-o do estigma de mero entretenimento.
O curta A Defunta Correa retrata uma crença popular da Argentina. Diz a lenda que uma mulher desesperada para encontrar o marido saiu pelo deserto, com o filho à sua procura. Ela se perdeu e, após alguns dias, a encontraram morta no deserto por sede e exaustão, mas o bebê estava a salvo e se alimentava. Os argentinos acreditam que ela foi uma santa por conseguir manter o filho vivo. Desde então, criou-se o costume de manter uma garrafa de água em frente às casas como um símbolo de proteção e boa sorte. No filme, a crença local é retratada através do encontro de dois amigos, um belga e um francês com ‘a defunta Correa’.


O filme Le Mozart des Pickpockets, vencedor do Oscar 2008 na categoria curta-documentário, aborda as diferentes possibilidades de linguagem, através de um menino romeno e mudo que passa a roubar, se fazendo entender com um método próprio.


Um dos maiores destaques da mostra é o filme Entre Paredes, que traz no currículo 32 prêmios, entre eles o de melhor diretor, melhor atriz, melhor direção de arte, melhor filme e melhor trilha sonora, todos no Festival Latino Americano de Curtas de 2005. Com trilha sonora de Naná Vasconcelos, o curta pernambucano representa bem o cinema cult brasileiro.

SERVIÇO
Cine Sesc 19h – Mostra Curtas do Mundo
Dias: 22 e 29 de abril
Horário: 19h
Local: Teatro Sesc Jofre Soares/Sesc Centro (Rua Barão de Alagoas, 229, Centro)
Entrada franca
Mais informações: 0800 284 2440