Preocupado com o restabelecimento integral do funcionamento do judiciário em Maceió e contribuir com o Tribunal de Justiça de Alagoas, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas, Omar Coêlho de Mello, solicitou ao prefeito Cícero Almeida, por meio de ofício, desapropriação e doação de parte de um terreno,  que fica no Barro Duro, e que “já foi declarado de utilidade pública”, para a construção de um novo Fórum. O terreno solicitado pela OAB/AL fica próximo à sede do Fórum que está sendo recuperado.

“É de conhecimento de todos, que Maceió tem tido graves problemas com o funcionamento precário do Fórum da capital, não só por seu estado precário, mas, também, por não conseguir atender a grande demanda da coletividade, apesar de todo esforço despendido pelo Tribunal de Justiça e do empenho pessoal de sua presidenta, desembargadora Elisabeth Carvalho do Nascimento”, diz Omar Coêlho no ofício.

“A construção de um novo Fórum, que, somado ao anterior, trará melhores condições para a distribuição de justiça aos maceioenses”, explica o presidente da OAB/AL no documento.