A cidade de Maragogi, litoral norte do Estado, vai sediar entre os dias 2 e 6 de março o 1º Encontro de Pontos de Cultura de Alagoas e Sergipe. O evento tem a finalidade de promover uma maior articulação e integração entre as Redes de Pontos de Cultura, bem como a transferência de tecnologia e experiência entre as unidades.

Alagoas tem confirmada a participação de 46 Pontos de Cultura, de 23 municípios. Sergipe desembarca na terrinha com outros 14 pontos, de nove cidades. A iniciativa envolve o trabalho das Secretarias da Cultura dos dois estados e do Ministério da Cultura (MinC).

A coordenadora da rede alagoana, Catarina Labouré, explicou a importância do encontro. “Esse é um momento importante para os dois estados. Temos que unir forças, já que estamos entre dois polos culturais muito grandes. Essa é a oportunidade de discutirmos estratégias de sustentabilidade e visibilidade para os nossos pontos (AL e SE) de forma integrada”, revelou.

Catarina é superintendente de Formação e Difusão Cultural da Secult/AL. “O papel da Secretaria é o de articulação entre os pontos e entre estes e o Ministério. O evento permite uma maior aproximação de gestores e agentes culturais”, garante.

Durante os quatro dias de evento, que acontece no Hotel Praia Dourada (Maragogi), serão realizadas palestras, exposição de produtos dos pontos, oficinas pedagógicas, exibição de filmes e fóruns, além de apresentações artísticas.

O diretor do Ponto de Cultura Campestre Cultural, do município de Campestre (AL), espera que o evento seja um espaço para a troca de experiências. “Integramos o Cultura Viva há 20 meses. Como ponto, nós fortalecemos nossas ações na área de inclusão digital e na formação de jovens”, explica.

O Campestre Cultural trabalha por meio de uma rádio-escola. Para conhecer mais sobre a iniciativa, visite o site www.campestrefm.com.br. “Nosso próximo desafio é o de criar um portal para divulgar e comercializar o artesanato da região”, afirma Buarque.

Teia Brasil 2010 – O encontro em Alagoas promove a preparação dos participantes para a Teia Brasil 2010, um evento voltado para os Pontos de Cultura de todo o país e que acontece entre os dias 25 e 31 de março em Fortaleza (CE).

Os Pontos de Cultura são o eixo prioritário do Programa Cultura Viva, uma iniciativa do Ministério da Cultura (MinC). Com a seleção por meio de editais, os pontos tornam-se responsáveis por articular e impulsionar as ações que já existem nas comunidades.

Em Alagoas, os pontos selecionados recebem R$ 60 mil ao ano. Destes, R$ 20 mil são de contrapartida do governo do Estado. O secretário da Cultura, Osvaldo Viégas, revela a importância do programa. “Os Pontos de Cultura promovem uma verdadeira revolução nas comunidades. É um trabalho que permite a descentralização de recursos e uma ação maior junto à população”, afirma.

Atualmente, existem mais de mil Pontos de Cultura espalhados pelo país. A Teia Brasil é um mecanismo importante de articulação entre as organizações. Por isso, é importante o envolvimento de todos os pontos de Alagoas e Sergipe nessa fase preparatória. Participem. Mais informações: www.cultura.al.gov.br.

Serviço

Encontro de Pontos de Cultura AL e SE

Entre os dias 2 e 6 de março

Local: Hotel Praia Dourada, Rodovia AL 101 Norte - KM 130 - Maragogi (AL)

Informações: (82) 3315-7867