Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas (DITEAL), que administra os teatros Deodoro e de Arena Sérgio Cardoso, informou nesta terça (22) que os trabalhos no telhado do Teatro Deodoro continuam dentro do cronograma. Na última semana foram retiradas as antigas telhas da área onde se localiza a platéia (instaladas durante a reforma de 1998) que eram feitas de amianto e outras de zinco que foram revestidas à época por espumas para minimizarem os efeitos de temperatura e de sons, já que não eram telhas apropriadas para o teatro, ao contrário das novas que estão sendo instaladas nesta reforma, que são termo-acústicas. “Essas telhas antigas são uma amostra de como essa reforma atual era necessária e como é séria, pois não estamos nos aventurando... e sim, instalando o que há de melhor e mais apropriado para um teatro como o Deodoro”, explicou Juarez Gomes de Barros, Diretor-Presidente da DITEAL enquanto vistoriava as telhas retiradas.

Além da obra no telhado, que tem previsão para terminar no final de janeiro de 2010, a DITEAL informa também que outros processos referentes a serviços necessários ao Teatro Deodoro, já foram licitados e devidamente contratados e empenhados. São eles:

- Restauração do Salão Nobre, sob responsabilidade da empresa A-4 Arquitetura e Engenharia;

- Reforma da área externa do prédio do teatro, que engloba recuperação das portas, portões, grades, reboco e pintura das paredes externas, que está sob responsabilidade da empresa Plataforma Engenharia;

Esses dois grandes serviços começarão no início do mês de janeiro, juntamente com a compra e aplicação dos novos carpetes e madeirames, além da compra dos veludos e tecidos.

“A disposição com que o Governador Teotônio Vilela Filho vem tratando o Teatro Deodoro é motivo de felicidade para todos nós, pois a ajuda que recebemos da Secretaria de Infra-estrutura, principalmente, através de sua Comissão Permanente de Licitação e da Procuradoria Geral do Estado, além é claro, de outros órgãos como Serveal e AMGESP, foi fundamental para podermos dado andamento nestes processos”, conclui Gomes de Barros.

Para o início de 2010 estão previstos a conclusão dos processos referentes a compra e instalação do novo equipamento de som e iluminação; confecção das cortinas e recuperação da caixa cênica; novo paisagismo do prédio e por fim, a compra e instalação do circuito interno de TV (monitoramente eletrônico) do Teatro Deodoro, o que oferecerá mais segurança ao centenário palco de Alagoas.

Com isso, a DITEAL mantém para ainda no final primeiro semestre de 2010, a reabertura do Teatro Deodoro se preparando para os festejos dos 100 anos.