Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Cada município deve receber cerca de R$ 250 mil

Os 34 municípios de Alagoas castigados pela seca e que já decretaram situação de emergência vão receber R$ 8,5 milhões da sobra dos recursos do Ministério da Integração Nacional destinados à prevenção de desastres. Cada município deve receber cerca de R$ 250 mil que serão aplicados na compra de carros-pipa para atendimento à população.

A liberação desses recursos é resultado do trabalho do senador Renan Calheiros (PMDB) que conseguiu sensibilizar o ministro da Integração da grave situação desses municípios ,principalmente com a previsão de um verão rigoroso no Semi-árido e Sertão. Os municípios devem preencher ainda hoje um cadastro no Sistema de Convênios do governo federal- Sincov. A contrapartida de cada município é de apenas 1%.

“Esta era uma grande reivindicação dos prefeitos, disse o Senador ,que tem acompanhado,ao lado do presidente da AMA, Luciano Barbosa,o drama da população que sofre com a falta de água . A Associação dos Municípios Alagoanos já está , em caráter de urgência, correndo contra o tempo para que os 34 municípios não percam esse dinheiro, como já aconteceu com outros estados. O preenchimento do formulário é simples", disse Luciano Barbosa. Os técnicos municipais já foram capacitados pela AMA para atender às exigências previstas através do Sincov.

O Senador Renan Calheiros disse ainda que para garantir os recursos basta que os municípios enviem a Certidão Nacional de Dívida- CND – e o relatório trimestral do exercício da prefeitura para que o governo federal possa empenhar os R$ 8,5 milhões.