Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O Ministério da Cultura (MinC) e o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) realizam, em conjunto, a exposição de fotografias “Dueto em som e imagem”, apresentando uma pequena mostra em imagens e áudio de três eventos musicais realizados anualmente nos Centros Culturais Banco do Nordeste-Fortaleza, Cariri (em Juazeiro do Norte, na região sul do Ceará) e Sousa (no alto sertão paraibano): os Festivais BNB do Rock-Cordel e BNB da Música Instrumental, e a Mostra BNB da Canção Brasileira Independente.

Com curadoria de Adriana Botelho, a exposição divulga fotos de Alex Hermes, Chico Gomes e Marcos Studart, clicadas durante diversas edições dos três eventos musicais realizados nos CCBNBs. Gratuita ao público, a exposição será aberta nesta sexta-feira, 11, às 19 horas, na Galeria da Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura (rua do Bom Retiro, 237 – Recife Antigo – fone: (81) 3194.1300), em Recife. A mostra, que acontece no âmbito da Feira Música Brasil (aberta em Recife hoje – quarta-feira, 9 –, encerrando-se no próximo domingo, 13), prosseguirá até o próximo dia 31 de janeiro de 2010.

O Festival BNB da Música Instrumental, a Mostra BNB da Canção Brasileira Independente e o Festival BNB do Rock-Cordel têm por objetivo promover o acesso democrático e estimular a produção artística, valorizando a inventividade e a pluralidade de estilos, ritmos, linguagens e propostas musicais, e reafirmando a necessidade de mais espaços para os artistas nordestinos e de outras regiões do País.

Os três Centros Culturais Banco do Nordeste recebem, a cada ano, mais de 180 formações musicais. Com shows e oficinas de formação artística de acesso gratuito, os três eventos contam com a participação de conceituados intérpretes, compositores e instrumentistas que desenvolvem seus trabalhos dentro dos circuitos regionais, pelo Brasil e mundo afora.

 

Festival BNB do Rock-Cordel

Caminhando para a sua quarta edição anual, este evento já se consolidou definitivamente no calendário musical da juventude nordestina. A diversidade de ritmos expressa a essência do evento. Gêneros musicais de diferentes matizes têm encontro marcado no Festival, que possibilita o encontro de guitarras distorcidas com tambores e alfaias, vozes guturais com agogôs e percussões, baterias velozes com rimas de cordel e hip hop, contrabaixos elétricos com teclados e emboladas.

 

Festival BNB da Música Instrumental

Este Festival tem confirmado a sua vocação para a promoção da diversidade musical e reiterado a importância da abertura de mais espaços para a movimentada cena instrumental brasileira. Embora contando com uma programação que desconhece fronteiras, a produção nordestina é destaque no evento, que recebe mais de 30 formações instrumentais, movimentando dezenas de músicos, de diferentes trajetórias, influências e propostas estéticas.

 

Mostra BNB da Canção Brasileira Independente

A Mostra reúne mais de 40 atrações oriundas de diversos estados brasileiros de norte a sul do País, no decorrer do mês de setembro. Participam da Mostra conceituados compositores e intérpretes, reconhecidos através de prêmios nacionais, com elogios da crítica especializada, e também responsáveis pela autoria e sucesso de canções difundidas por grandes nomes da MPB.