Comitiva alagoana participa de Conferência Nacional de Assistência Social

  • Redação
  • 04/12/2009 15:35
  • Maceió

Chegou à Maceió, na madrugada desta sexta-feira (04), a delegação alagoana que esteve presente na VII Conferência Nacional de Assistência Social que aconteceu em Brasília, no período de 30 de novembro a 03 de dezembro. O evento foi marcado pela intensa participação de gestores, técnicos, conselheiros e usuários da assistência social.

A Conferência Nacional que este ano teve como tema a Participação e Controle Social no Sistema Único de Assistência Social (SUAS), acontece a cada 2 anos e tem como finalidade avaliar a situação atual da Assistência Social e propor novas diretrizes para o seu aperfeiçoamento.

Os 26 delegados, que fizeram parte da comitiva alagoana no evento, foram eleitos durante as Conferências Municipais e Estadual. As propostas discutidas nas Conferências em Alagoas, foram também debatidas nas oficinas e grupos de trabalho ocorridos no Distrito Federal.

De acordo com a Secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Solange Jurema, o evento foi importante para discutir como estão funcionando os Conselhos Estaduais e Municipais, ela destacou ainda a forte presença e participação de usuários como moradores de rua, adolescentes e idosos. “São nessas conferências que norteamos a política de assistência para os próximos anos, nós do estado, nos esforçamos para levar os delegados da sociedade civil”, afirmou.

Segundo o Ministério de Desenvolvimento Social, foram 57 deliberações aprovadas. Entre elas, destacou-se o aumento de cofinanciamento dos governos estaduais aos serviços sócioassistenciais e do Governo Federal a todos os Municípios que possuem Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), maior democratização dos Conselhos com a participação efetiva dos usuários dos programas do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e reafirmar o compromisso de apoio às famílias em situação de vulnerabilidade.

Nos quatro dias de debates, discussões e oficinas, a VII Conferência Nacional de Assistência Social contou com a participação de cerca de 2 mil pessoas, entre convidados, observadores e delegados de todo o País. E foi promovida pelo Conselho Nacional de Assistência Social, com parceria do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.