FIA desiste do polêmico sistema de título por vitórias

  • 24/03/2009 07:16
  • Esporte
A FIA confirmou nesta terça-feira que o campeão da Fórmula 1 em 2009 será definido pelo número de pontos conquistados, e não por vitórias, como tinha decidido na última semana. A entidade reverteu sua decisão após protestos de equipes e pilotos, insatisfeitos com a medida adotada pelo Conselho Mundial de Automobilismo.

Na última semana, o Conselho aprovou a mudança no regulamento, definindo o número de vitórias como principal critério para a definição do título da F1, depois de 59 anos em que a categoria foi decidida por pontos. Outras medidas também foram tomadas, envolvendo testes, nomes dos pneus e até autógrafos dos pilotos.

A Associação das Equipes de Fórmula 1 (FOTA, em inglês) se posicionou de forma contrária à mudança na definição do título, alegando que a mudança no regulamento tinha sido executada de encontro às próprias regras da FIA - a entidade prevê que alterações atrasadas no regulamento da F1 não podem avançar sem a aprovação unânime das escuderias.

A FIA reagiu à posição da FOTA e atendeu ao pedido das equipes, fechando assim o regulamento para a temporada 2009. Não está confirmado se a adoção do sistema que privilegia as vitórias acontecerá no ano que vem.