A Associação dos Deficientes Físicos de Alagoas – Adefal em parceria com a Infraero realizam nesta quarta-feira (3) a partir das 14h no saguão de aeroporto Zumbi dos Palmares diversas atividades artísticas e culturais. A ação é em homenagem a passagem do dia 3 de dezembro, dia internacional da pessoa com deficiência.

A programação conta com apresentação do coral infantil da Adefal, demonstração de capoeira com a participação de crianças com deficiência, apresentação de ballet em cadeira de rodas com a participação da bailarina Gabriela Amorim da Academia de Dança Jeane Rocha e a exposição de trabalhos manuais e do livro de poesia, Mistérios do Rabisco do jovem escritor Eliebertson Santos.

Elierbertson tem 23 anos e aos 18 anos depois de ser agredidos por um grupo de jovens ficou com graves seqüelas neuropsicomotoras o que o condenava a uma vida quase vegetativa, realidade esta que foi superada com muita garra, determinação e o apoio de sua mãe e hoje o jovem recuperou os movimentos e leva uma vida normal. O escritor aguarda patrocínio para o lançamento do seu segundo livro “A Esperança Nunca Morre” onde retrata a trajetória de seu tratamento e recuperação.

Ao falar das atividades deste 03 de dezembro o presidente da Adefal, Luiz Carlos Santana destaca a importância de atividades de inclusão como as que serão realizadas no Aeroporto. “No dia internacional da pessoa com deficiência queremos mostrar eficiência, acabar com o preconceito de que a deficiências nos torna incapazes, pois não é verdade! E isso poderá ser visto durante as apresentações desta quinta-feira”, ressaltou Santana.