Teresa Cristina Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Cópia do passaporte de Heidemarie

A austríaca Heidemarie Ruttensceinner, 66, morreu, no início da tarde desta terça-feira, dentro do Navio Costa Mágica, de bandeira Iltaliana, atracado desde as primeiras horas de hoje no Porto de Maceió.

De acordo com informações colhidas pelo CadaMinuto, a turista estava na capital com o filho e nora, que se encontram em um hotel aguardando a liberação do corpo e o andamento das investigações.

Agentes da Polícia Federal informaram à imprensa que o navio deveria ter desatracado às 13 horas do Porto de Maceió, mas devido à morte da idosa, tripulantes e passageiros só puderam partir às 17 horas. Três peritos da PF foram até o navio para realizar um exame perinecroscópico, que constata se a vítima sofreu algum tipo de agressão. Peritos informaram que nenhuma marca de violência foi encontrada no corpo da austríaca e nem no navio.

Familiares contaram à Polícia que Heidemarie sofria de doenças respiratórias. Os peritos disseram ainda que o caso está sendo acompanhado pelo delegado federal Dirceu Lopes, que ouvirá os familiares de Heidemarie.

O corpo da austríaca encontra-se no Instituto Médico Legal (IML), onde passará por exames cadavéricos para constatar a causa mortis, e só liberado após a investigação sobre o caso. Uma técnica da Vigiliância Epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde também esteve no IML.

O cruzeiro no navio Costa Mágica saiu de Recife com destino a Salvador.