O secretário de Organização da Executiva Estadual do PSB, Otávio Oliveira, foi flagrado na manhã de hoje na sede do partido, logo depois de furtar todas as fichas de filiados do PSB de Maceió. Uma Comissão da Direção Municipal acompanhou ontem a oficial de Justiça, que citou a direção estadual do PSB da decisão do juiz da 7ª Vara Cível, tomada no dia 13 de novembro, determinando a volta da vereadora Tereza Nelma à presidência. Mas, mesmo assim, não conseguiu as chaves da sede do partido de volta. Por isso, chamou um chaveiro para abrir a porta e fabricar nova chave.

 

“O Otávio só devolveu as fichas depois dei 10 minutos de prazo antes de chamar a polícia, pois estava descumprindo uma decisão judicial. Aí foi buscar as fichas, que já havia retirado da sala do Diretório Municipal e escondido. Só não levou para fora do partido porque foi flagrado por alguns militantes”, afirma a advogada Walkiria Lúcio Lins, secretária de Organização da Executiva Municipal. “Acredito que ele queira impedir nosso contato com os filiados, para evitar a realização do Congresso do PSB de Maceió. Não pensei que se chegasse a nível tão baixo”, acrescentou.

 

Na manhã de hoje, quando a nova recepcionista do PSB de Maceió chegou para o trabalho, foi surpreendida com a presença de Otávio Oliveira dentro da sede, com mais dois jovens. Comunicou o fato à direção, e logo três membros da Executiva chegaram à sede. Questionaram Otávio, que não quis revelar como conseguiu entrar na sede, depois que foi desmentida sua versão de que havia usado a própria chave – que, colocada na nova fechadura, não funcionou na fechadura que havia sido trocada ontem..

 

O secretário de Juventude da Executiva Estadual, José Ismar Jr., disse que ainda não será registrado queixa na polícia contra Otávio Oliveira, mas ele “vai responder por seus atos à Comissão de Ética do PSB, onde deverá revelar quem mandou roubar todas as fichas. Na direção golpista nomeada para Maceió tem gente especializada em sumir com fichas de filiação e mandar atas falsificadas até para o TRE. Isso vai acabar”.

 

QUEM É OTÁVIO OLIVEIRA

 

Otávio Oliveira, secretário de Organização da Executiva Estadual, está concluindo o curso de Direito. Ex-dirigente do GGAL, no ano passado gravou escondido uma reunião de própria direção que participava para denunciar seus companheiros ao Ministério Público, acusando-os de desviarem recursos públicos de projetos e tramar até assassinatos de dirigentes do Movimento Gay. Exerce cargo comissionado em uma Secretaria de Estado, mas a presidenta Kátia Born, nos últimos meses, o “liberou” de comparecer ao trabalho, para permanecer durante todo o dia na sede do PSB.