A Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), realiza neste sábado (28), o dia “D” da segunda etapa da Campanha de Vacinação Antirrábica Canina e Felina 2009. A abertura da campanha será às 8 horas, na Unidade de Saúde Sítio São Jorge. O objetivo é imunizar 80% de cães e gatos

A SMS disponibilizará 685 vacinadores, 36 supervisores de área, sete supervisores gerais, sete coordenadores distritais, 65 motoristas. Também participarão dos trabalhos os alunos dos cursos de Medicina Veterinária e Zootecnia do Centro de Estudos Superiores de Maceió (Cesmac) e da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), além de 15 pessoas do apoio, dispostos em 187 postos espalhados pela cidade.

“A raiva é um mal incurável, portanto é imprescindível a realização da vacinação em gatos e cachorros. A secretaria está reunindo todos os esforços para alcançarmos a meta estipulada pelo Ministério da Saúde”, lembrou o secretário municipal de Saúde, Francisco Lins.

RAIVA

A raiva é causada por um vírus (Rhadbovírus), que se multiplica e se propaga, via nervos periféricos, até o sistema nervoso central, de onde passa para as glândulas salivares, nas quais também se multiplica. A forma mais comum de transmissão é através de contato com saliva de animal raivoso, seja por mordeduras ou lambeduras de mucosa e, até mesmo, por arranhaduras. Em áreas urbanas, o cão é o principal responsável pelas contaminações (quase 85% dos casos), seguido do gato.

O período de incubação da doença, no homem, varia de duas a dez semanas (em média, 45 dias). Uma vez infectado, não há tratamento específico e a letalidade é de 100%. O tratamento paliativo visa minimizar o sofrimento do paciente. Por seu caráter incurável, é imprescindível a realização da vacinação em gatos e cachorros. A raiva deve ser constantemente combatida e a antirrábica é o único meio de prevenção a este mal.
Mais Notícias