Criar, desenvolver e difundir projetos educativos, artísticos e culturais. Essa é a finalidade da Fundação Teotônio Vilela que lança nesta sexta-feira (27), às 15h, na sede da instituição, a XXVI Semana do Menestrel das Alagoas.

Durante a primeira quinzena de dezembro, mais de quinze instituições de caridade do Estado vão abrir as portas para a arte. O filme O Evangelho Segundo Teotônio, de Vladimir Carvalho, e a peça Teotônio: o Fazedor de Histórias, dirigida por Glauber Teixeira, levarão conhecimento e diversão.

Apala, Lar da Menina, Casa do Pobre e Lar João Paulo II são alguns dos locais onde as pessoas vão conferir um pouco da trajetória do menestrel. Também serão apresentadas atrações musicais com grupos de chorinho do Estado.

É por acreditar na importância dessas atividades desempenhadas pela Fundação, que a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) apoia a Semana Teotônio Vilela e demais ações da entidade que visam a disseminação cultural.

Além disso, a Secult tem um espaço dedicado à história de vida do Menestrel das Alagoas, o Memorial Teotônio Vilela. Localizado na praia de Pajuçara, o centro está aberto à visitação todos os dias, das 9h às 21h. Lá, o visitante encontra uma linha do tempo que conta, ano após ano, a vida de Teotônio e uma exposição com a bengala, chapéu, e os óculos de aros grossos do saudoso senador.

“O Memorial também integra a programação da Semana Teotônio Vilela. Será uma ótima oportunidade receber filme, teatro e música no nosso espaço”, disse Mariane Vasconcelos, gerente do local.

Site

Os interessados em pesquisar sobre a vida do senador contam agora com uma ótima fonte de pesquisa. O endereço eletrônico www.fundacaoteotoniovilela.com.br será lançado na sexta-feira (27), durante a abertura da Semana Teotônio Vilela.
Rápido, dinâmico e fácil de utilizar, o portal traz muita informação, pesquisas e documentos sobre Teotônio Brandão Vilela, também conhecido como o Guerreiro da Paz. É só acessar!