O presidente e candidato a reeleição da Ordem dos Advogados de Alagoas, Omar Coelho, emetiu nota de esclarecimento sobre a sua ausência no debate da Rádio CBN.

Lei na íntegra a nota:

Há alguns dias recebi o convite para comparecer a debate na data de hoje nessa rádio, tendo de logo informado que não poderia me fazer presente, em face de compromissos anteriormente agendados, principalmente aqueles que envolvem os interesses da advocacia alagoana.
Além do mais, diante dos ataques e agressões que eu e meu grupo estamos sofrendo – inclusive o Prof. Marcos Bernardes de Mello, que nem candidato é – por atos “apócrifos”, covardes e indignos, não participarei de um debate em que supostamente a tônica será o ataque pessoal.
Outrossim, ressalto, por importante, que não tenho receio em debater com quem que seja, tanto que já o fiz, em outras oportunidades, inclusive com o candidato opositor. Todavia, neste momento dado o baixo nível atingido pela campanha adversária que foge do verdadeiro propósito que qualquer pleito democrático deveria seguir, entendo não ser oportuno a minha participação nesse evento.
As Advogadas e os Advogados de Alagoas merecem respeito e por isso não vamos compactuar nem alimentar uma campanha na qual o candidato opositor insiste em baixar o nível com agressões despropositadas que vêm atingir toda a categoria, trazendo desprestígio e menoscabo a toda classe advocatícia. A arma do advogado é a palavra e não a violência.

 


Omar Coelho
Candidato a Presidente da OAB/AL – Chapa 1