Nesta terça-feira (24), será assinado convênio entre o Ministério Público do Trabalho em Alagoas e o Município de Maceió para implantação do projeto MPT na Escola. O evento será às 9h, no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed), na Cambona. O objetivo é ampliar o processo de conscientização das famílias e da comunidade escolar sobre os prejuízos causados às crianças e aos adolescentes submetidos ao trabalho precoce.

 

O projeto MPT na Escola é uma iniciativa nacional da instituição que está sendo desenvolvida pelas Procuradorias Regionais do Trabalho nos Estados. Em Maceió, o projeto-piloto será desenvolvido em cinco escolas da rede municipal, mas a proposta do MPT é ampliar para mais unidades, proporcionando ações preventivas de combate ao trabalho infantil.

 

Para a procuradora do Trabalho Rosemeire Lôbo, o projeto MPT na Escola buscará desenvolver o processo de conscientização para combater a exploração do trabalho infantil. “Vamos entrar nas casas das famílias por meio das escolas e será fundamental a participação de todos”, ressaltou.

 

Rosemeire ressalta que todo material de apoio pedagógico a ser trabalhado nas escolas foi confeccionado e doado pelo MPT. As cartilhas serão destinadas aos professores que serão capacitados e planejarão de que forma vão abordar o tema trabalho infantil com os alunos e as respectivas famílias.