Ahmadinejad apoia Brasil como membro permanente do Conselho de Segurança da ONU

  • Redação
  • 23/11/2009 21:00
  • Brasil/Mundo

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, disse em discurso nesta segunda-feira (23) que apoia o Brasil como membro permanente do Conselho de Segurança da ONU, uma ambição já manifestada muitas vezes pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva

- O Conselho de Segurança deve mudar fundamentalmente, deve ser reformado por completo. Portanto, apoiamos a candidatura de novos membros individuais com um papel de diálogo mais amplo no âmbito do Conselho de Segurança. E apoiamos o status de membro permanente do Brasil no Conselho de Segurança.

Segundo Ahmadinejad, o Conselho de Segurança fracassou nos últimos 60 anos na tarefa de estabelecer a segurança internacional, segundo ele, por causa do poder de veto destinado a seus cinco membros permanentes (Estados Unidos, França, Reino Unido, Rússia e China).

- Falhou devido ao poder de veto que hoje está sujeito a um monopólio restrito a um número limitado de países. E todos esses países já contribuíram para muitos dos conflitos internacionais e foram a causa raiz da insegurança em muitas partes do mundo.

Ahmadinejad disse esperar que o direito de veto seja menos usado ou até mesmo eliminado.