Tudo pronto para o “Dia D” da segunda etapa da Campanha de Vacinação Antirrábica Canina e Felina 2009, em Maceió. A campanha, realizada pela Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), teve início nesta segunda-feira (23), na zona rural do município, e pretende alcançar 80% de imunização.

Ao todo, serão 186 postos de vacinação distribuídos pelos bairros de Maceió, incluindo unidades de saúde e pontos itinerantes. A SMS escolheu a Unidade de Saúde Sítio São Jorge para realização do “Dia D”. A programação começa 8 horas, com a presença do secretário de Saúde de Maceió, Francisco Lins.

De acordo com o coordenador do CCZ, Carlos Eduardo, é importante que os proprietários levem seus animais para serem vacinados. “A raiva deve ser constantemente combatida e a vacinação antirrábica é o único meio de prevenção a este mal”, alertou.

DOENÇA

A raiva é causada por um vírus (Rhabdovírus), que se multiplica e se propaga, via nervos periféricos, até o sistema nervoso central, de onde passa para as glândulas salivares, nas quais também se multiplica. A forma mais comum de transmissão é através de contato com saliva de animal raivoso, seja por mordeduras ou lambeduras de mucosa e, até mesmo, por arranhaduras. Em áreas urbanas, o cão é o principal responsável pelas transmissões (quase 85% dos casos), seguido do gato.

O período de incubação da doença, no homem, varia de duas a dez semanas (em média, 45 dias). Uma vez infectado, não há tratamento específico e a letalidade é de 100%. O tratamento aplicado visa minimizar o sofrimento do paciente. Por seu caráter incurável, é imprescindível a realização da vacinação em gatos e cães.