Duplo homicídio: Policial Civil mata homem e ex-sogra motivado por ciúmes

  • Redação
  • 20/11/2009 19:25
  • Polícia

 A população da Barra de Santo Antonio ficou chocada na noite de ontem com o assassinato de Marcelo Antônio da Silva, de 32, na Avenida Benedito Casado.

O acusado, um agente da Polícia Civil, identificado por Alex Joaquim dos Santos, 35, deflagrou vários tiros na vítima após desconfiar que o mesmo estivesse tendo um caso com sua ex-esposa.

No entanto, além de matar Marcelo, o acusado também atingiu a ex-sogra, identificada por Elúzia Maria, 61, que chegou a ser socorrida para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos e morreu no caminho.

Após praticar o duplo homicídio, o acusado se entregou aos policiais do Batalhão da Polícia Rodoviária Militar (BPRv), que estavam de plantão no posto de Guaxuma e de imediato acionaram a 3ª Companhia Militar de Paripueira, que conduziu o mesmo para Delegacia de Plantão III, no bairro de Jaraguá, em Maceió, onde foi autuado em flagrante pela delegada Maria de Fátima, titular do 6º Distrito Policial.

Informações dão contas, que o motivo do crime foi passional, pois Alex Joaquim tinha terminado o relacionamento com a esposa há cerca de um mês e, tomou conhecimento que Marcelo Antônio estava supostamente namorando com sua ex-esposa.

Já o chefe de serviço da Operação da Asfixia, Jefferson Gomes, que trabalhava com o acusado disse que ficou surpreso com o fato ocorrido. “Eu fiquei surpreso com o fato ocorrido, pois o Alex trabalhava comigo na Operação Asfixia e sempre demonstrou ser uma excelente pessoa”, disse Jefferson Gomes.

Chegou-se a cogitar que Marcelo também era agente da Policia Civil, mas depois foi descoberto que a carteira que ele carregava era falsa.O agente Alex Joaquim será encaminhado para Casa de Custódia, no bairro do Farol, onde ficará a disposição da justiça.