Pedidos da torcida por permanência comovem Dorival

  • Redação
  • 21/11/2009 00:32
  • Brasil/Mundo

O técnico Dorival Júnior não queria transformar a sua renovação ou não de contrato com o Vasco em uma novela. Porém, nesta sexta-feira, após ouvir os pedidos de mais 400 torcedores por sua permanência, o treinador admitiu que pode deixar a conversar com a diretoria para o fim da Série B, na próxima semana.

Os pedidos dos torcedores mexeram com o treinador, que admite permanecer na Colina. Porém, ele voltou a afirmar que precisa de condições para executar um bom trabalho na próxima temporada.

- É gratificante para qualquer profissional ouvir esses gritos do torcedor. Espero chegar a um acordo, mas tudo vai ocorrer dentro da normalidade. Tenho contrato até o dia 31 de dezembro e não há pressa. O ideal era que as conversas acontecessem após a Série B. Estou bem tranquilo – disse o comandante cruzmaltino.

Mesmo com o acesso à Série A e o título da Segunda Divisão garantidos, Dorival Júnior afirmou que a equipe vai entrar em campo neste sábado, contra a Portuguesa, com o mesmo empenho que iniciou a competição. Para o comandante, o nome dos jogadores e do clube é que estão em jogo nas duas últimas rodadas do torneio.

É a dignidade do profissional que está em jogo. Você joga pelo seu nome e pelo nome da agremiação que você defende. Mesmo com o campeonato finalizado, vamos entrar em campo e ser avaliados da mesma maneira. Não podemos amolecer. O Vasco precisa fazer o seu melhor, conquistar os pontos e levar essa confiança para a próxima temporada – analisou o treinador vascaíno.