A mulher que foi morta atropelada por uma ambulância, no povoado Santa Rita, no município de Marechal Deodoro, ainda continua sem identificação no Instituto Médico Legal, em Maceió.


O acidente aconteceu na BR-424, na noite desta terça-feira. O motorista da ambulância, Mercedes Benz, de cor branca NLY2082/AL, Marcos André da Silva Clemente, 31, foi preso e levado para delegacia de Plantão I, no Farol.


Realizado todo procedimento Marcos André da Silva foi liberado. A ambulância presta serviço a prefeitura de Palmeira dos Índios.