Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A preocupação do Presidente da Federação Alagoana de Futebol (FAF) Gustavo Feijó, ainda é grande, com relação à situação dos estádios de futebol que abrigarão os jogos do campeonato alagoano da primeira divisão em 2010. Em contato na manhã desta quinta-feira (12) com o Diretor de Serviços Técnicos (DST) do Corpo de Bombeiros Militar Cel. Nilson Vasconcelos, o Presidente da FAF ficou sabendo da situação de momento dos estádios.

 

Depois do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que foi assinado no Ministério Público (MP) no dia 16 de outubro deste ano, a situação dos estádios continua a mesma.

 

Segundo o Diretor do DST, nenhum Clube solicitou a vistoria, “É realmente preocupante. Já fizemos vários apelos aos Gestores e Dirigentes de Clubes para que tenham responsabilidade e encaminhem o projeto Contra Incêndio e Pânico para que possamos realizar as vistorias” disse o Diretor.

 

O relatório apresentado pelo Corpo de Bombeiros, deixou Feijó ainda mais preocupado, “Continuo com o mesmo pensamento de antes, não vamos abrir mão de nada, o que foi estabelecido pelo Ministério Público, nos vamos cumprir” frisou Gustavo Feijó.

 

Situação dos estádios

Com projetos de segurança contra incêndio e pânico aprovados, mas faltando a solicitação da vistoria para receber o certificado estão:

- Estádio Severiano Gomes Filho (Pajuçara)
- Estádio Nelson Peixoto Feijó
- Orlando Gomes de Barros – União dos Palmares
- Arnon de Melo – Santana do Ipanema
- José Gomes da Costa – Murici

Precisa refazer o projeto
- Gerson Amaral – Coruripe

Sem projetos
- Juca Sampaio – Palmeira dos Índios
- Alfredo Leahy – Penedo
- Olival Elias de Moraes – Boca da Mata