Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O atendimento começa às 6h da manhã e segue até as 16h. Essa é a rotina diária do centro de consultas médicas da Secretaria Municipal de Saúde, em Coruripe, que realiza Autorização de Procedimento Ambulatorial de Alta Complexidade (Apac), a mais de 100 pessoas por semana, nos serviços de marcação de consultas nas especialidades como cardiologista, ginecologista, clínico geral, psiquiatria, dermatologista, dentre outras especialidades.

 

De acordo com o diretor de Informação e Estatística, Tarcísio Vasconcelos, cerca de 80% dos coruripenses já realizam os exames de endoscopia, raio x, colposcopia, ultrassom e tomografia, no município. “Hoje proporcionamos um salto na qualidade de vida da população. Devido à demanda nos serviços, realizamos o descolamento de apenas 20% dos pacientes para serem atendidos em Maceió”, informou.

 

Os exames são autorizados pelo médico Flaviano Melo, e encaminhados para o complexo de diagnose que funciona no hospital Carvalho Beltrão. O secretário municipal de Saúde, Djalma Brêda, vem realizando o trabalho na gestão pública voltada para a cidadania. O município vem construindo um modelo assistencial de saúde focado na consolidação dos sistemas locais, dentro dos princípios de participação popular, descentralização, democratização e a prática da vigilância à saúde.

 

“No gabinete recebo uma média de 40 a 50 pessoas que fazem pedido de medicamento, algum tipo de reclamação e sigo no atendimento interno e externo. Nossa secretária anota as reivindicações e pedidos, que tentamos atender em tempo hábil”, enfatizou.

 

Já o Laboratório Central de Coruripe atende de segunda-feira a quinta-feira, os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) disponibilizando exames laboratoriais e patologia clínica, na sexta-feira o espaço é dedicado ao pré-natal das gestantes.