Internet 1257863723igrejadocarmogrd

As igrejas católicas do Recife e de Olinda entrarão oficialmente no roteiro turístico do estado. A notícia foi divulgada nesta segunda-feira (9), pelo secretário de Turismo de Pernambuco, Sílvio Costa Filho, e pelo arcebispo dom Fernando Saburido, na igreja Madre de Deus, no Recife Antigo.

O projeto Circuito das Igrejas objetiva ressaltar além das belezas naturais existentes nas duas cidades, a arquitetura colonial das igrejas do Recife e Olinda, herança deixada pelos portugueses que fundaram as cidades irmãs e dos holandeses que invadiram o estado. “Acho que a população tem esse direito. É um patrimônio do povo de Deus e os turistas têm muita vontade de conhecer esses templos bonitos”, disse dom Fernando Saburido.

Serão onze igrejas localizadas no Sítio Histórico de Olinda e nos bairros de São José, Santo Antônio e Recife Antigo, que ficarão abertas diariamente das 9h às 17h. Os visitantes serão guiados por estagiários dos cursos de Turismo, Eventos, Hotelaria e Gastronomia, que guiarão o visitante por cada monumento, explicando um pouco da história de cada uma das igrejas seculares. O projeto prevê ainda uma programação com apresentação de música sacra. A visitação terá início no dia 30 de novembro.

“Vão ter carros fiscalizando diariamente e policia permanentemente na frente das igrejas. É uma forma de levar segurança aos visitantes e também do próprio pernambucano conhecer essas igrejas que são belíssimas e vale a pena o povo vir conhecer”, disse o secretário Sílvio Costa Filho.

A ação é uma parceria da Secretaria de Turismo do Estado (Setur-PE) e da Arquidiocese de Olinda e Recife, com o apoio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), das prefeituras do Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes e a Fundação Gilberto Freyre.

CAPACITAÇÃO

O Governo do Estados, através da Setur-PE vai selecionar 80 estagiários que serão capacitados pela Empetur, Fundação Gilberto Freyre e Iphan para trabalharem como monitores no projeto Circuito das Igrejas. O curso será intensivo e de curta duração. Em apenas três semanas os estagiários serão treinados para receber os visitantes.

Para a divulgação do roteiro serão confeccionados folders, cartazes e banners e distribuídos nos hotéis, agências e operadoras de viagens, postos de informações turísticas, universidades e igrejas.TEST