A Secretaria de Estado da Saúde (Saúde), por meio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), iniciou nesta segunda-feira (9) mais uma capacitação sobre Atendimento Pré-hospitalar (APH) para enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores socorristas que atuarão na base descentralizada do município de Joaquim Gomes, a 65 km de Maceió, que deverá ser inaugurada ainda este mês, juntamente com a base de Porto Calvo.

A capacitação esta sendo realizada no Núcleo de Educação em Urgência (NEU) e faz parte da estratégia do governo do Estado em descentralizar o serviço de urgência e emergência.

“Está quase tudo pronto para inaugurarmos as bases descentralizadas do Samu nos municípios de Porto Calvo e em Joaquim Gomes. É compromisso do governador Teotonio Vilela Filho garantir assistência pré-hospitalar em todo o Estado e por isso o governo está ampliando os serviços para salvarmos mais vidas", destacou João Medeiros, gerente do Samu de Maceió.

De acordo com ele, o nível de resposta à urgência e emergência tem se mostrado eficiente quando o atendimento é realizado por uma equipe especializada. “Por isso, estamos empenhados na intensificação de cursos e atualizações”, disse.

A capacitação tem carga horária de 40h de treinamento teórico e prático. Dentre os assuntos abordados estão: regulação médica; acidente com múltiplas vítimas; prática de imobilização; urgências psiquiátricas; lesão por eletricidade; atendimento inicial ao trauma; trauma de tórax e abdômen; ética e humanização no atendimento; urgências obstétricas; trauma em gestantes; sofrimento respiratório agudo em adulto e crianças e queimaduras.

O serviço do Samu é regulado através de uma central telefônica. A população telefona para 192 e uma equipe de médicos e técnicos auxiliares de regulação médica analisa a gravidade do paciente e orienta a equipe da ambulância para levar o paciente a um hospital.

Os profissionais do Samu atendem a vários tipos de urgências e emergências, dentre eles os traumas (acidente de automóvel, moto, tiro, facada etc.), clínica, casos pediátricos, cirúrgicos, gineco-obstétrico e pacientes com problemas mentais.

Interiorização do Samu – O projeto de descentralização do Samu irá contemplar os municípios de Delmiro Gouveia, Santana do Ipanema, Joaquim Gomes, Porto Calvo, Coruripe e São Miguel dos Campos. As bases descentralizadas já foram implantadas os municípios de Penedo, Palmeira dos Índios, Pão de Açúcar, Viçosa e União de Palmares. Além dessas bases existem também as Centrais de Maceió e Arapiraca.