Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Com objetivo de adotar medidas de segurança e reforçar o efetivo das polícias Civil e Militar, no município de Coruripe, o prefeito Marx Beltrão, em parceria com representantes da Secretaria de Estado da Defesa Social (Seds) se reuniram sexta-feira (6), onde avaliaram o projeto de construção da delegacia e do Grupamento de Polícia Militar (GPM), num mesmo prédio.

Coruripe será o primeiro município a trabalhar com as duas instituições de forma conjunta, seguindo o modelo de integração na segurança pública. A obra orçada em cerca de R$ 300 mil deverá ter início no primeiro trimestre de 2010, a Defesa Social vai entregar viaturas e reforçar o efetivo. Em contra partida, o município cedeu o terreno, numa área de aproximadamente 400m2, que já foi aprovada pela equipe técnica da secretaria, localizada na Alameda Celso Amabílio, no bairro Tércio Wanderley, além de 50% do valor da obra.

Durante a reunião, o prefeito lembrou que no ano de 2000, o município contava com efetivo bem superior à realidade de hoje. Há 9 anos, Coruripe tinha 90 policiais militares e 30 civis, hoje, temos uma viatura a serviço da PM, um quadro de 27 militares e 6 civis, estamos com 53 mil habitantes. A situação é complicada, mas estou confiante com essa parceira, agora as coisas vão melhorar, ressaltou o prefeito Marx Beltrão.

Já para o diretor de Políticas Públicas da Seds, Romildo Albuquerque, o objetivo desse empreendimento é melhorar a segurança pública. A nova delegacia vai atender aos anseios de segurança da população, estamos olhando para o município, há um mês mandamos uma nova viatura,  concluiu.

Participaram da reunião o engenheiro da Defesa Social, Gilson Passos, o engenheiro de Coruripe, Rafael Lessa, o secretário de Administração do município, Fábio Fernandes, e o secretário de Infraestrutura, Ednaldo Moraes.