Divulgação

Um levantamento realizado pelo Google mostra que Alagoas é o terceiro estado do Brasil que mais buscou por “Sugar Daddy” durante o isolamento social, com percentual de 68%. A pesquisa considerou o período de março de 2020, data de início da quarentena no estado de São Paulo, até o dia 10 de julho.

Para quem não sabe, Sugar Daddy, é um termo em inglês, formado pela junção das palavras "açúcar" e "papai", é usado para intitular homens mais velhos e ricos, que escolhem uma sugar baby – mulheres mais novas que buscam estabilidade financeira – para proporcionar experiências de luxo, em uma “troca de benefícios”. Esse tipo de romance se define em linhas gerais pelos sites especializados como “relacionamento Sugar”.

Entre as regiões brasileiras, o Nordeste foi a que mais registrou procura “Sugar Daddy”. De acordo com dados do Google, levantados pelo Universo Sugar, uma das plataformas desse segmento, no ranking dos dez estados que buscaram por um “patrocinador” o Piauí encabeça a lista.

Confira o ranking:

1° Piauí 78%

2°Acre 69%

3°Alagoas 68%

4° Rio Grande do Norte 64%

5°Maranhão 63%

6°Espírito Santo 62%

7° Tocantins 61%

8° Mato Grosso 60%

9° Paraná 58%

10°Pernambuco 57%

Já na busca por “Sugar Baby”, jovem que desfruta das regalias oferecidas pelo Sugar Daddy. Alagoas não aparece no ranking.

 O centro do poder político brasileiro, Distrito Federal aparece com 60% do volume de buscas pelo serviço. É o que mostra os dados do Google Trends – ferramenta do Google que mostra os mais populares termos buscados– levantados pelo site Universo Sugar.

Confira o Top 10- “Sugar Baby”:

 Distrito Federal 60%

Santa Catarina 56%

Rondônia 54%

Rio de Janeiro 53%

Roraima 50%

Amapá 50%

São Paulo 50%

Goiás 49%

Pará 49%

Minas Gerais 48%

A busca pelo serviço no Universo Sugar teve um crescimento de 85% se comparado aos meses que antecederam o início do isolamento social em São Paulo.   

Ainda de acordo o site de relacionamento Sugar, o perfil de estudante é recorrente na rede social neste período. Só durante a quarentena, 68% dos jovens que se cadastraram na condição de “Sugar Baby” são universitárias. 

Empresários, diretores de empresas e funcionários públicos foram ocupações mais frequentes dos homens que se inscrevem com o perfil de “Sugar Daddy.

Sobre o Universo Sugar

 O Universo Sugar é uma rede social especializada para pessoas bem-sucedidas que queiram patrocinar o estilo de vida de seus parceiros (as). O relacionamento é claro e direto, pois, baseia-se no investimento econômico de homens ou mulheres em troca de uma relação afetiva. O objetivo da união é oferecer ganhos para as partes envolvidas no relacionamento. Atualmente existem mais 1 milhão de perfis ativos em todo o Brasil, além de membros do exterior.

Acesse aqui a pesquisa