Arquivo/Secom Maceió
Thomaz Nonô

O Secretário Municipal de Saúde, José Thomaz Nonô, reiterou, nesta segunda-feira (13), o pedido de informações acerca das tiras de glicemia e lancetas que são de responsabilidade do Estado, conforme pactuação na Comissão Intergestora de Bipartite de Alagoas (CIB-AL). Essas ferramentas são fundamentais para o acompanhamento do paciente diabético.

A empresa vencedora da Licitação realizada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) fornece um produto incompatível aos glicosímetros (aparelho de aferição) já existentes na farmácia do município. 

Por meio de ofício, o secretário Thomaz Nonô pede ao Estado a substituição desses aparelhos com o objetivo de não potencializar o prejuízo no atendimento da população. Atualmente o município atende quase 60 mil pacientes diabéticos que utilizam os serviços nas unidades de saúde.

“Eu sei exatamente a importância de solucionar essa questão, sei o quanto esses pacientes precisam desse acompanhamento. Sou diabético, conheço a realidade e as necessidades dessas pessoas”, declarou o secretário.

A farmácia do município dispõe hoje de 2.800 unidades de aparelhos que terão que ser substituídos. O ofício foi enviada na manhã desta segunda-feira e aguardará o posicionamento da Secretaria de Estado da Saúde.

As tiras para aferição na própria unidade de saúde, que são de responsabilidade do município, estão com seu abastecimento regular.