Descumprimento de decreto: dados revelam queda de ocorrências em toda a capital, diz Lima Júnior

  • Tiago Logan*
  • 13/07/2020 06:29
  • Maceió
Foto: Secom Maceió
Orla foi liberada para prática de atividade física e banho de mar com o início da fase laranja.

No início desse mês de julho, Maceió avançou para uma etapa de retorno gradual de atividades econômicas não essenciais, saindo da fase vermelha para a laranja. Nesta fase, foram liberados para reabertura parte do comércio, salões de beleza, barbearias, templos religiosos, áreas públicas e a orla, com novas regras determinadas para evitar o crescimento de casos de transmissão da Covid-19.

O CadaMinuto entrou em contato com o secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Lima Júnior, para saber como está sendo o cumprimento das novas regras por parte dos maceioenses e quais são as expectativas para esta etapa. Ele menciona que, de acordo com dados do Comando de Policiamento da Capital (CPC), há uma queda de ocorrências de casos de desobediência em toda a capital.

Em um levantamento realizado pela Polícia Militar, desde que o Decreto de Situação de Emergência entrou em vigor, em março desse ano, mais de 2.650 descumprimentos foram registrados na Região Metropolitana de Maceió. O secretário conta que a baixa nas ocorrências começa a acontecer não só nos bairros com mais casos confirmados de infectados, como Jacintinho e Benedito Bentes, mas em todos os demais.

“Utilizamos os dados da Secretaria de Saúde, que mostram as áreas de maior contágio, e direcionamos estratégias específicas para estes locais”, destaca.

O que vai determinar o avanço para as fases seguintes – amarela, azul e verde, quando tudo poderá funcionar normalmente – será a evolução ou o retrocesso de três pontos estratégicos: o crescimento epidemiológico, a taxa de evolução da Covid-19 e a utilização da capacidade hospitalar. Semanalmente os números

desses indicadores serão analisados e, com base nesses resultados, o estado poderá evoluir ou retornar para a fase vermelha.

“É preciso ter consciência de que é fundamental seguir adotando os cuidados com a saúde. Manter o distanciamento, usar máscara, lavar as mãos e só sair de casa para o necessário”, alerta o secretário.

Há pouco mais de uma semana a orla foi liberada a prática individual de atividade física, banho de mar e ciclismo, desde que sejam respeitadas regras como uso correto de máscaras, antes e depois do banho, e manter a distância entre a pessoa que está no mesmo fluxo e no fluxo contrário. Segundo o secretário, nenhum tipo de denúncia foi feita ainda na orla, mas que seguem as fiscalizações com o apoio operacional e integrado da Polícia Militar, Ronda do Bairro e Polícia Civil.

“A SSP e as forças policiais vêm dando apoio às equipes da Prefeitura de Maceió e outras secretarias na fiscalização de cumprimento do que prevê o Decreto Governamental. É preciso que a população observe que o risco de contaminação ainda não passou e é fundamental que sigam o que está descrito no decreto” concluiu.

*Sob supervisão da editoria