Léo Satunino diz que devido ao seu posicionamento na Câmara de Vereadores de Arapiraca, prefeitura boicota seus pedidos de melhorias para a cidade

  • Assessoria
  • 11/07/2020 11:53
  • Interior

O vereador Léo Saturnino, durante entrevista na manhã deste sábado (11), no Programa Show de Notícias da 96 FM Arapiraca, apresentado por Isve Cavalcante, falou sobre o seu nome ter sido citado no programa na sexta-feira (10), por moradores das comunidades Batingas, Boa Vista e Guaribas, que enfrentam problemas com a falta de infraestutura, principalmente calçamento.


“Essas comunidades sofrem há muito tempo com a falta de atenção da administração municipal, que não tem atendido as suas reivindicações”, disse o vereador, lembrando que há quatro anos vem solicitando melhorias para as comunidades, porém, talvez pelas suas posições na Câmara de Vereadores, não vem sendo atendida”, desabafou o parlamentar.


Ao citar a morosidade, segundo ele próprio classificou a administração municipal, para que a comunidade do Pau D’arco pudesse transitar, foi preciso que os próprios moradores comprasse o piçarra para que fosse feito o serviço de terraplanagem, onde esta situação, afirma o vereador, se estende por toda a cidade.

Ainda de acordo com o vereador Léo Saturnino, situação semelhante acontece com a comunidade do Pé-Leve, onde os moradores não podem nem transitar devido aos buracos que com a chegada das chuvas, se transformaram em verdadeiras crateras, afirmou ele. 


Ele garantiu que todos os vereadores têm cobrado da administração municipal, que também não dá nenhuma resposta aos requerimentos e indicações.


Demonstrando bastante indignação com a falta de compromisso da administração municipal com o povo de Arapiraca, Léo Saturnino, lembrou que esteve em Brasília, com o senador Fernando Collor, onde conseguiu uma Emenda Parlamentar no valor de um milhão de reais para a pavimentação de algumas ruas do bairro Boa Vista, Conceição Canuto, Pedro Soares, Manoel Saturno e Pedro Saturnino e o prefeito não quer assinar a ordem de serviço.


Léo Saturnino disse que estava mais revoltado ainda, pelo fato de que esse dinheiro já estava na conta da prefeitura, cuja empresa vencedora da licitação teria sido a Amorim Barreto, mas os serviços estão parados por falta de iniciativa dos gestores.


O vereador disse que essa falta de atenção tem prejudicado a população com os serviços de maior urgência, como a pavimentação de ruas esburacadas que impedem o próprio direito de ir e vir.


Ao ser perguntado o porque suas reivindicações não estavam sendo atendidas em nome da comunidade, Léo Saturnino, disse que é porque além da morosidade da administração municipal, sua posição em cobrar na Câmara de Vereadores, as melhorias para a população, talvez não agrade aos gestores, afirmou.


Ao fazer uma espécie de prestação de contas de suas ações como vereador, até para que a população possa tomar conhecimento do seu trabalho, Léo Saturnino, falou sobre outra Emenda, desta vez do deputado federal Paulão,  no valor de dois milhões e meio de reais, para obras da comunidade do Cangandú, como o calçamento, obras já executadas, porém, que outras comunidades também precisam uma atenção da administração municipal.


Ele concluiu garantindo que tem a convicção de que está cumprindo o seu papel como fiscalizador das ações da administração municipal, porém, o que falta, de acordo com ela, é uma ação mais efetiva aos problemas de Arapiraca.